Dois adolescentes são acusados de fazer sexo com o cadáver de uma mulher de 84 anos.

Todos os detalhes no interior.

Partilhar no Facebook
0 0 Partilhas

Dois adolescentes foram presos por profanar o túmulo de uma mulher de 84 anos e por fazer sexo com o seu corpo.

Os dois meninos, cuja identidade não pode ser revelada por causa da idade, foram presos pela polícia depois que a família da vítima visitou o túmulo da mulher no dia seguinte ao seu enterro, no dia 29 de Setembro em Davao, Filipinas.

Foi assim que chegaram ao túmulo de Isabel Bastatas que os seus parentes descobriram que as pernas da falecida estavam saídas do seu caixão.

Os parentes de Bastatas estão convencidos de que o corpo da mulher foi violado uma vez que as suas roupas íntimas foram removidas quando o encontraram.

As partes privadas do cadáver estavam expostas e sinais de que houve "relações" recentes eram visíveis.

É a polícia da cidade de Digos que está a investigar este caso muito macabro.

O tenente-coronel Ernesto Castillo disse à imprensa local: "A prisão dos dois jovens ocorreu depois que as testemunhas nos deram a sua versão e as informações coletadas apontaram para um suspeito e um companheiro".

A polícia agora deve determinar se os dois adolescentes roubaram os pertences deixados no túmulo e se houve ou não relação sexual com o corpo.

Atualmente, os dois adolescentes estão sob a responsabilidade dos serviços públicos.

Os dois suspeitos negam as acusações contra eles.

Partilhar no Facebook
0 0 Partilhas

Fonte: Ayoye · Crédito foto: Ayoye