Notícias : Casebre abandonado era sede de empresa que faturou 16 milhões
Que acha? Deixe o seu comentário aqui.  

Casebre abandonado era sede de empresa que faturou 16 milhões

Roubam de forma descarada

Publicado por Vamos lá Portugal em Notícias
Partilhar no Facebook
209 209 Partilhas

Um pequeno casebre abandonado, sem água nem eletricidade, situado num terreno junto a um bairro, no concelho de Mira, era a sede de uma empresa de comércio de ouro que, em apenas um ano, faturou 16 milhões de euros a uma outra firma, recentemente acusada pelo Ministério Público numa gigantesca fraude fiscal.

 O caso envolve uma rede de 23 arguidos suspeita de ter lesado o Estado em cerca de dez milhões de euros.

Chama-se "Pérolas em Movimento", foi criada em 2010 e nunca entregou qualquer declaração de IVA ou de IRC à Autoridade Tributária (AT). 

Mas só no ano de 2012 passou a uma grande empresa exportadora de ouro faturas de vendas no valor total de 16 330 260 euros. 

Essa firma, a Goldropa, com sede no Porto e instalações em Gondomar, foi investigada pela Direção de Finanças do Porto e estava no centro da fraude ao Fisco.

“Esta casa não tem água, nem luz há pelo menos 20 anos. Viviam lá duas pessoas, mãe e filho, que já faleceram. Ela há bastante tempo e ele há cerca de dois anos. Nunca tiveram uma empresa de ouro”, refere Rafael Silva de 30 anos que ficou surpreendido de que o casebre era sede de uma empresa milionária.

Partilhar no Facebook
209 209 Partilhas

Fonte: diarioluso
Crêdito foto: diarioluso

Goste/partilhe