Notícias : Casal Português vencedor do Euromilhões doa ambulâncias aos bombeiros de Coimbra
Que acha? Deixe o seu comentário aqui.  

Casal Português vencedor do Euromilhões doa ambulâncias aos bombeiros de Coimbra

Todos os detalhes no interior.

Publicado por Vamos lá Portugal em Notícias
Partilhar no Facebook
42,529 42.5k Partilhas

Comandante diz que esta oferta “caiu do céu”. Desde 2015 que o casal Figueiredo, que ganhou o Euromilhões, com um valor de 163,5 milhões de euros.

Mas em vez de ficarem com o dinheiro ou gozarem uma vida de ricos sem se preocuparem com os outros, decidiram ajudar os bombeiros. Como tinham uma relação de proximidade com a corporação de Brasfemes, da zona de Coimbra, o casal decidiu oferecer duas ambulâncias para transportar doentes aos bombeiros.

Os soldados da paz, em declarações ao Notícias ao Minuto pelo seu comandante, disse que era uma “honra” a família Figueiredo se ter lembrado deles e ter feito esta oferta à associação.

“Foi a primeira vez que nos ofereceram algo de valor tão considerável”, disse Acácio Monteiro, que explicou também se tratar de “duas ambulâncias” que custam “mais de 70 mil euros”.

O casal é proprietário de um café na zona e daí a relação de proximidade. A zona é ameaçada frequentemente com os incêndios e toda a alimentação dos bombeiros que estão a combater as chamas é normalmente feita naquele café pela proprietária. Já nessa altura a família era generosa e ajudava os bombeiros.

As duas ambulâncias foram “inauguradas” no sábado passado, na comemoração do 79.º aniversário da corporação.

O comandante disse ainda que esta oferta irá “renovar a frota” que já estava gasta, algumas ambulâncias têm entre “300 a 400 mil quilómetros” de uso.

Isto sim é ser Português!

Outras notícias:

Bombeiro em morte cerebral depois de queda ao instalar luzes de Natal numa igreja 

Nuno Almeida está em morte cerebral e outra pessoa ficou gravemente ferida, quando ambos caíram de uma altura elevada enquanto montavam iluminação de Natal numa igreja de Ponte de Sor, Portalegre.

Nuno Almeida é bombeiro voluntário e tem 42 anos.

De acordo com o Correio da Manhã  a grua que estava a ser utilizada caiu.  

Ambos as vítimas foram transportadas para o hospital com ferimentos considerados graves. 

As duas vítimas são residentes em Borba, onde Nuno Almeida integrava o corpo de Bombeiros Voluntários. 

O jovem de 22 anos é natural de Borba e continua em estado grave. 

Os dois trabalhavam para uma empresa especilizada em iluminação e eventos festivos. 

As vítimas do acidente caíram de uma altura de aproximadamente de 6 metros de altura. 

O alerta terá ocorrido pelas 16h40 desta segunda-feira. Ao local deslocaram-se 15 operacionais, entre Bombeiros e GNR.

Bombeiro sobrevivente do incêndio de Pedrógão vive com pensão de 267 euros 

Rui Rosinha, bombeiro que esteve em coma vai receber somente 267 euros de invalidez depois de ter ficado 3 meses em coma na sequência dos incêndios de 2017

Rui tem actualmente uma incapacidade física na ordem dos 85 por cento, o que lhe dá somente direito à pensão de 267 euros por mês.

O ministro do Trabalho, da Solidariedade e da Segurança Social, Vieira da Silva, foi questionado por 4 deputados sobre complementos a que  bombeiro ferido possa ter direito.

Os deputado questionam se “existe, no atual quadro de apoios sociais, alguma possibilidade de apoio financeiro a este cidadão que possa acrescer à sua futura pensão de invalidez de 267 euros”.

Revelam ainda que “os meios necessários à sua digna subsistência e à continuação dos tratamentos que a sua condição exige”

O bombeiro depende neste momento de terceiros e a esposa, Marina Rodrigues, foi obrigada a pôr baixa psiquiátrica para o poder apoiar.

O casal tem dois filhos, de 10 e 13 anos, ambos estão a ser acompanhados em pedopsiquiatria. 

Partilhar no Facebook
42,529 42.5k Partilhas

Fonte: Diario Aveiro
Crêdito foto: Diario Aveiro

Goste/partilhe