Bombeiros tentam invadir Ministério do Trabalho e cortam estrada

ÚLTIMA HORA

Partilhar no Facebook
34 34 Partilhas

Cerca de 150 bombeiros de Lisboa estão a manifestar-se neste junto ao Ministério do Trabalho e Segurança Social, em Lisboa, 

Em causa estariam as propostas de alteração à carreira do bombeiro profissional. 

Um grupo de Bombeiro tentou invadir pelas 15h45 o ministério para entregar uma carta reivindicativa, mas foi travado pelas autoridades, não houve violência, somente um momento de tensão.

O trânsito teve que ser para a Avenida João XXI.

Os bombeiros manifestam-se contr as propostas como o aumento para os 60 anos do limite de idade para a reforma e a redução do salário-base destes profissionais.

Os bombeiros apresentaram ainda um pré-aviso de greve de 15 dias, que começará às 0h de dia 22 de Janeiro e terminará no dia 5 de Fevereiro.

"Bombeiros com 60 anos! Quem salva quem?" e "Sapadores bombeiros dizem não à destruição da carreira e da aposentação", são algumas das faixas exibidas, além das buzinas apitos e sirenes que se fazem ouvir.

Os bombeiros também vão entregar uma carta ao Governo na qual exigem "um limite de idade adequada para a reforma sem cortes" e "um salário consoante o risco da profissão".

Apesar de ser uma manifestação dos bombeiros de Lisboa, os profissionais tiveram o apoio de um grupo de bombeiros de Setúbal e um outro de Tavira, no distrito de Faro.

Segundo António Pascoal, do Sindicato dos Trabalhadores do Município de Lisboa, e igualmente dirigente dos bombeiros, o novo estatuto, nomeadamente o aumento da idade da reforma, pode prejudicar o socorro que é prestado às populações e também pode afastar candidatos à profissão devido aos salários baixos.

Partilhar no Facebook
34 34 Partilhas

Fonte: Público · Crédito foto: Público