Alerta: Chuva torrencial e rajadas muito fortes previstas para o fim de semana

Todos os detalhes no interior.

Partilhar no Facebook
600 600 Partilhas

O fim de semana está à porta e não será o mais simpático no que diz respeito ao tempo.

Para sábado está prevista chuva fraca, mas constante durante todo o dia, já para domingo o tempo vai piorar consideravelmente.

Entre as 07h00 e as 00h de domingo, está prevista chuva muito intensa, poderão cair entre 40 a 80mm em menos de 12h.

O Litorial entre Peniche e Viana do Castelo, será a região mais afetada pela manhã, no entanto, durante a tarde, será entre Lisboa e Sines, sendo que, ainda podem haver algumas alterações nesta previsão.

No restante do país também vai haver precipitação, no entanto não com a mesma intensidade que nas regiões referidas anteriomente.

As chuvas fortes poderão provocar saturação dos solos, e a existência de inundações rápidas nas zonas urbanas, devido à incapacidade dos sistemas de drenagem para uma quantidade de água tão elevado como a que se está a prever. Avisa-se também para um piso urbano escorregadio e a probabilidade de existência de lençóis de água.

Para as terras altas também está previsto vento forte, estando estas regiões também em alerta, o vento pode atingir velocidades de mais de 100km/h.

Depois de domingo o tempo deverá melhorar gradualmente a partir de segunda-feira.

Pede-se à população que tenha todo o cuidado e evite estar na rua, principalmente durante as horas mais intensas de tempestade que estão previstas para domingo.


Alerta: Europa vai ter um dos Invernos mais frios dos últimos 100 anos

O próximo Inverno na Europa será um dos mais frios dos últimos 100 anos, por isso prepare as botas e o casaco de inverno! Mas não se esqueça de tirar do armário as luvas, gorro, cachecol e todos os acessórios para deixar quentinho.

As previsões meteorológicas indicam que a Europa vai ter um dos invernos mais frios dos últimos 100 anos. Com massas de ar do Ártico e baixa exposição solar dentro de alguns meses, o frio intenso vai ocorrer nas próximas semanas. 

Comprem agasalhos, já que de acordo com o especialista em meteorologia, o alemão Dominik Jung, o frio será mais intenso que tudo o que a Europa sentiu no século passado, principalmente em Janeiro e Fevereiro.

A especialista do dentro meteorológico Fobos – Elena Volosiouk – alerta que o sistema solar sofre também mudanças sazonais.

Elena Volosiouk (Centro meteorológico Fobos) esclareceu que o sistema solar, de tempos a tempos sofre algumas mudanças:

“Este fenómeno está relacionado com o fluxo das massas de ar, quando estas passam pelo Oceano Atlântico atingem o continente de uma forma mais moderada, o inverno é mais brando e há muitos degelos, nos últimos invernos isso não tem acontecido. Se bem se recordam até tivemos ciclones que causaram queda de neve e granizo em locais onde isso já não ocorria há várias décadas. Ainda é prematuro associarmos estas previsões ao arrefecimento global e a uma possível “mini era glaciar” pois estas mudanças nos fluxos de massas de ar, por norma, estão associadas à actividade solar(erupções solares)”.

Precauções especiais a tomar (para quem vive em zonas montanhosas, de difícil acesso, idosos, etc…):

  • Abasteça-se de bens essenciais(água, lenha ou combustível para se aquecerem caso hajam falhas na distribuição eléctrica, tenha uma reserva de comida enlatada para pelo menos 1 semana).
  • Tenha à mão agasalhos, casacos, cobertores, roupa quente.
  • Ter um rádio a pilhas é essencial para saber as notícias caso a corrente eléctrica falhe, e as estradas fiquem cortadas.
  • Tenha perto de si uma lanterna também a pilhas

Mais vale prevenir do que remediar! 

Partilhar no Facebook
600 600 Partilhas

Fonte: bombeiros24.pt · Crédito foto: bombeiros24.pt