Agente da PSP rouba 300 euros a turista no no aeroporto de Lisboa

Polícia retirou o dinheiro de carteira perdida e foi suspenso.

Partilhar no Facebook
1,775 1.8k Partilhas

Um agente da Polícia de Segurança Pública que prestava funções no aeroporto de Lisboa foi desarmado e suspenso de funções por ter roubado 300 euros da carteira que um turista tinha perdido momentos antes.

O ato foi gravado por câmaras de videovigilância e as imagens provam o envolvimento do polícia.

De acordo com o Correio da Manhã o agente Bruno Costa estava de serviço quando um turista perdeu a carteira no interior do aeroporto, isto teria acontecido há duas semanas.

O dono da carteira participou o desaparecimento desta, tendo a carteira sido encontrada algumas horas depois por um segurança de uma empresa privada. Este homem decidiu então entregar a carteira perdida ao primeiro agente da PSP com quem se cruzou – no caso, Bruno Costa –, que a recebeu e garantiu que iria tratar do caso. 

Só que numa zona pública do aeroporto que está coberta por várias câmaras de videovigilância, o polícia abriu a carteira, retirou o dinheiro que estava lá dentro – 300 euros em notas – e guardou-o num bolso.

A PSP abriu uma investigação e mal foram visionadas as imagens de câmaras no local onde aquele recebeu a carteira, o envolvimento do agente foi provado. 

O caso foi participado ao Ministério Público a 12 de outubro e, ontem, o polícia foi constituído arguido pelo crime de furto. 

O agente foi alvo de um processo disciplinar interno que culminou ontem com a sua suspensão e a obrigação de entregar a arma de serviço. Fonte oficial da Direção Nacional da PSP confirmou o caso, garantindo que "estas são situações que não podem ser toleradas a qualquer elemento da PSP". 

Partilhar no Facebook
1,775 1.8k Partilhas

Fonte: CM · Crédito foto: CM