A polícia revela as últimas palavras perturbadoras de um kamikaze do Bataclan à mãe

A polícia descobriu as últimas mensagens do terrorista

Partilhar no Facebook
128 128 Partilhas

A rádio RMC relata as últimas palavras de um kamikaze à sua mãe antes de se explodir no Bataclan.

Durante mais de duas horas, Fouad Mohamed Aggad deteve uma dúzia de pessoas reféns na sala de concertos do Bataclan.

Por volta da meia-noite, ele enviou várias mensagens àsua mãe através da sua conta Skype. A primeira dizia simplesmente: "Amo-te".

"Estás aqui, waldi (meu filho), como estás, eu amo-te tanto", respondeu a sua mãe.

15 minutos mais tarde, Fouad Mohamed Aggad envia-lhe uma mensagem a dizer que "em breve encontrará Allah".

O kamikaze então pergunta à mãe para entrar em contato com a esposa porque ela não responde.

A mãe diz a ela que ela também não consegue alcançá-la. Ela diz que o ama e Fouad Mohamed Aggad responde "Eu também".

Poucos minutos depois, a polícia invadiu e abriu fogo contra o terrorista. Uma das balas detona o seu cinto explosivo.

80 pessoas perderam a vida na sala de concertos de Bataclan naquela noite.

Para enviar essas mensagens, o terrorista usou o telefone de um refém. Ele descobriu apenas no ano passado a existência dessas mensagens no seu telefone quando os investigadores o chamaram para questioná-lo.

Partilhar no Facebook
128 128 Partilhas

Fonte: AyoyeMonde · Crédito foto: AyoyeMonde