​20 coisas que ninguém te diz quando estão com depressão ou ansiedade

Estas são as 20 coisas que ninguém se apercebe quando se padece de depressão ou ansiedade

Partilhar no Facebook
288 288 Partilhas

20 coisas que ninguém te diz quando estão com depressão ou ansiedade

Infelizmente, milhões de pessoas em todo o mundo sofrem de depressão e ansiedade. Se você é um dos sortudos que nunca teve os sintomas desta condição, deve conhecer alguém que já passou por isso ou que está a passar neste momento.

Nos piores momentos, a depressão pode ser uma condição esgotante e aterrorizante. Por vezes, aqueles que vivem com ela sentem medo de falar acerca disso e sentem-se completamente perdidos porque não sabem onde pedir ajuda; outros simplesmente não sabem que têm uma depressão e não se sentem deprimidos. No entanto, muito grave ou não, é uma doença que pode ser prevenida e tratada, de modo a que a importância reside na sua identificação e na procura de ajuda. 

A depressão e a ansiedade afetam cada pessoa de forma diferente e, em mais de metade dos casos diagnosticados, a pessoa sofre dos dois em simultâneo. Portanto, podíamos dizer que esta é uma condição pessoal e, embora esta lista fale de certas experiências, estados e sentimentos, esperamos que aqueles que a leiam e estão a passar por isto tenham algum conforto em saber que não estão sozinhos.

Não há nada que os deixe mais felizes do que uma nota extraordinária num exame, mas não têm energia para estudar.

Sentem uma necessidade constante de estarem deitados por não terem vontade para nada mas, ao mesmo tempo, vão abaixo quando pensam sobre o que acontecerá se não estudarem, não trabalharem ou não tenham outras obrigações.

Quanto menos se mexem, mais cansados estão. No entanto, o seu coração acelera só com a ideia de dar um passo.

Dói-lhes ver a desarrumação mas apenas olham e dizem para si mesmo que a limparão no dia seguinte.

Fazem centenas de listas de tarefas para se distraírem, apesar de saberem que não vão riscar nem uma linha.

Acreditam que todos os planos cancelados farão com que acabem todas as suas relações, mas não têm forças para sair.

Sentem-se sós, mas cancelam todos os compromissos porque enfrentar alguém deixa-os ansiosos.

Vivem com o medo constante de que o seu parceiro ficará cansado e irá embora, mas a ansiedade sussurra-lhes ao ouvido e diz que eles merecem melhor e que devem ir embora.

Eles ignoram mensagens e recusam convites, mas sofrem quando ficam parados.

Têm um medo constante em acabarem sozinhos, mas isolam-se porque precisam de se afastar de tudo.

Não querem mais nada que o abrigo de casa e dormir até às 2 da tarde, mas acordam às duas da manhã com o seu coração a bater descontroladamente.

Sentem-se paralisados no presente e terrivelmente angustiados pelo futuro.

Esta condição faz com que não queiram apreciar os bons dias porque a queda da felicidade é muito mais forte.

Dormem demasiado ou não dormem nada.

Querem para o desfile constante de pensamentos negativos, mas não o conseguem fazer.

Sentem a necessidade de fazer muitas coisas mas não fazem absolutamente nada.

Usam mecanismos de evasão a toda a hora porque quando tentam suprimir uma parte da sua personalidade, reprimem outra.

Perguntam-se constantemente se as coisas boas são produto da sua imaginação.

Acordam a meio da noite preocupados com um futuro que eles nem sabem se querem.

Sentem tudo e nada ao mesmo tempo, pelo que sentem que estão sempre a perder.

Lembre-se, não está só!

Se precisar de mais informação acerca da depressão ou da ansiedade, ou de falar com outras pessoas que estão a passar pelo mesmo, clique aqui.

Partilhar no Facebook
288 288 Partilhas

Fonte: La voz del muro · Crédito foto: La voz del muro