19 raparigas grávidas libertadas “de uma fábrica de bebés” foram salvas pela polícia.

Todos os detalhes no interior.

Partilhar no Facebook
0 0 Partilhas

Embora a Nigéria seja severamente afetada pelo contrabando de seres humanos, foi relatado que 19 meninas grávidas presas numa "fábrica de bebés" foram resgatadas pela polícia.

O Parisien relata esta notícia vinda da cidade de Lagos, na Nigéria. Nesta segunda-feira, soube-se que 19 jovens, com idades entre 15 e 28 anos, foram resgatadas pela polícia. Elas eram mantidas em cativeiro por criminosos numa "fábrica de bebés". Um lugar onde passam a gravidez e dão à luz. Os bebés são então vendidos para casais financeiramente confortáveis, que não podem ter filhos.

O jornal explica que custava 760 euros por uma menina e 1265 euros por um menino. Quatro bebés também foram salvos nesta vasta operação policial.

O Parisien explica que "fábricas de bebés" são um verdadeiro flagelo na Nigéria. Segundo informações da ONU, o tráfico de seres humanos é a terceira atividade ilegal mais comum no país, logo após a fraude e o tráfico de drogas. Uma atividade que as autoridades nigerianas estão lutando para conter.

De acordo com as informações transmitidas pelo Parisien, existem dois tipos de mulheres alistadas em "fábricas de bebés": aquelas que foram enganadas a pensar que tinham encontrado um emprego verdadeiro e as que voluntariamente o fazem por razões financeiras. De fato, isso é explicado pelo fato de que grande parte da população vive em uma grande pobreza. Uma situação triste.

Partilhar no Facebook
0 0 Partilhas

Fonte: Ayoye · Crédito foto: Ayoye