TVI está a tramar a vida da SIC e Cristina Ferreira

TVI dificulta saída de Cristina Ferreira

Partilhar no Facebook
464 464 Partilhas

TVI está a tramar a vida da SIC e Cristina Ferreira

Foi na semana que rebentou a bomba: Cristina Ferreira deixa a TVI e vai para o canal concorrente, a SIC.

No mesmo dia a TVI fez um comunicado a informar que o contrato de Cristina Ferreira que termina em Novembro não irá ser renovado. No entanto nem a SIC nem a própria Cristina Ferreira comentaram esta transferência.

Segundo a revista TV7Dias a estação de Queluz de Baixo não está a facilitar esta saída. Segundo uma fonte próxima da SIC, o canal já tinha um anúncio oficial preparado, mas teve de ser adiado pois só quando a rescisão estiver assinada é que pode ser apresentada.

O contrato de Cristina termina em Novembro, mas a SIC quer a apresentadora já em Setembro... ou então nada feito.

Um dos programas que existe é que o  ‘Apanha Se Puderes’, já tem toda a nova temporada gravada e irá até Fevereiro de 2019. Como produzir cada programa custa milhares de euros, a TVI não os quer deitar ao lixo.

Assim sendo, a TVI quer que a apresentadora apareça no ecrã da SIC apenas para 2019. Neste momento andam a ver o melhor acordo para ambas as partes, mas a mesma fonte garante que não está fácil.

Outros artigos relacionados com Cristina Ferreira:

Contratação milionária de Cristina Ferreira gera revolta e mal-estar na SIC

Cristina Ferreira deixou a TVI e vai passar a dar a cara pela SIC. Esta contratação milionária por parte da SIC está a gerar uma onda de revolta em algumas estrelas da SIC. 

Se alguns gostam da ideia de ter no lado deles a mulher mais forte da televisão nacional, outros não acham piada o ordenado milionário que era irá ganhar.

Numa altura que a estação de Carnaxide atravessa uma crise financeira, levando ao despedimento e à redução de ordenados de muitos profissionais, esta contratação caiu que nem uma bomba.

Apesar de algumas estrelas estarem revoltadas o se queixam publicamente, com receio que estas "queixas" cheguem aos ouvidos de Cristina Ferreira.

Além de apresentadora, Cristina será consultora executiva da direção-geral do Entretenimento, ou seja, vai ser uma espécie de braço direito de Daniel Oliveira, e todas as estrelas da casa sabem que só têm a ganhar se ficarem do seu lado.

Mas se no entretenimento exite esta "revolta", pois não existe dinheiro para aumentar salários, também a secção de jornalismo está a sofrer cortes.

Não existe dinheiro para contratar mais jornalistas, apesar de existirem vários lugares vagos deixados por jornalistas como por exemplo  Ricardo Borges de Carvalho, Pedro Benevides, Sara Antunes de Oliveira, Maria Miguel Cabo que ao serem seduzidos por outros desafios profissionais não hesitaram em deixar a SIC

Partilhar no Facebook
464 464 Partilhas

Fonte: dioguinho.pt · Crédito foto: dioguinho.pt