Sofia Sousa assinala aniversário da filha com imagens inéditas

Sofia partilha imagens inéditas

Partilhar no Facebook
126 126 Partilhas

Sofia Sousa assinala aniversário da filha com imagens inéditas

Sofia Sousa, celebrou o aniversário da filha recordando imagens que vão desde a gravidez aos primeiros dias de vida da pequena Yasmin Dafne.

São seis anos de um amor que não tem explicação. Sou a pessoa mais feliz do mundo a teu lado, farei todos os dias tudo para que tenhas tudo o que mereces e te sintas sempre amada, sempre com esse sorriso bom!”, declarou a mamã babada.

Veja as fotos:

Outros artigos:

Casa de Sofia Sousa assaltada: Prejuízo de mais de 30 mil euros!

Sofia Sousa decidiu falar publicamente sobre um assalto que já aconteceu há três anos. A jovem disse que só falou agora  por ter «percebido», diz, que «há coisas que têm de ser feitas» e que «a justiça não faz».

«Fui assaltada quando entrei na Quinta [reality show da TVI]. Foi em dezembro de 2015. [...] Passado ano e meio, soube quem tinham sido as pessoas que me assaltaram a casa», começa por dizer a empresária num vídeo partilhado em direto nas redes sociais.

 A ex-concorrente de Casa dos Segredos, dá a conhecer que quando comprou o  imóvel onde ainda hoje vive, não mudou a fechadura do mesmo e que a antiga proprietária deu as chaves dessa casa a «uma pessoa que mora no mesmo prédio». «Uma pessoa que foi acusada de mais de 20 assaltos».

«Estou a fazer este vídeo na varanda, que é para essa pessoa me ouvir melhor, dado que continua a viver no mesmo prédio que eu»

«É um casal que mora aqui e que tem uma filha um pouco mais velha do que a minha [Yasmin Dafne, de cinco anos]. Roubaram-me a casa toda, nomeadamente televisões, eletrodomésticos, tudo o que era de valor. Roubaram dinheiro, que eu estava a juntar para o futuro da minha filha. Posso dizer que tive um prejuízo de mais de 30 mil euros e até hoje estou a pagar coisas que não tenho. Coisas que essas pessoas roubaram», acusa Sofia.

«Não falei até agora por medo. Não deles, mas do que possam fazer», confessa ainda. A certeza que diz ter da identidade dos assaltantes chegou ano e meio depois do roubo, quando foi feita uma «rusga» a casa dos mesmos. «Artigos meus que tinha sido roubados, que estavam no processo [judicial], estavam dentro de casa dela», garante. «Há provas de que essas pessoas me roubaram a casa, tanto assim é que eu, mais tarde, consegui recuperar duas televisões - as mais pequeninas - e outras coisas sem valor», explica.

«Podia esperar pela justiça, podia. Mas a justiça já me provou que não faz nada. A partir do momento em que há uma pessoa que tem mais de 20 processos por assaltos a casa e nada lhe acontece... (...) Só espero que ganhem vergonha e que saiam daqui»

  Sofia terá enfrentado os alegados ladrões, mas não correu bem:«Pedir-lhe as minhas coisas de volta. As pessoas que me assaltaram a casa e que continuam a roubar constantemente chamaram a GNR porque estavam a ser incomodados por mim. Exigi as minhas coisas e riram-se na minha cara», recorda no mesmo vídeo, acusando a vizinha de se «prostituir e roubar a carteira aos clientes antes de assaltar casas».  

Partilhar no Facebook
126 126 Partilhas