Salvador Sobral arrependido de episódio do «peido»

«Não se sabia do dinheiro, mas o grave foi eu falar»

Partilhar no Facebook
62 62 Partilhas

Salvador Sobral esteve no Você na TV e falou Manuel Luís Goucha e Maria Cerqueira Gomes recordando as polémicas declarações que fez durante o evento Juntos Por Todos, emitido em junho de 2017.

Na realidade foi uma reportagem do Você na TV que acabou por ser emitida esta terça-feira, 19 de março.

Os apresentadores foram até ao Time Out Market, mais conhecido por Mercado da Ribeira, para dar a conhecer o estabelecimento da mãe de Salvador Sobral. Mesa Luísa é o espaço em que Luísa Villar junta dois amores: as línguas e a cozinha.

«Eles [turistas] é que escolhem o que querem comer. Sempre adorei cozinhar e achei que tinha de fazer algo com isso mas nunca quis um restaurante. Portanto pensei nisto», começa por explicar.  «Isto não é cozinha de um chef, é cozinha de uma avó portuguesa», completou Salvador Sobral.

O negócio abriu em maio de 2017, altura da Eurovisão. «Aproveitei-me disso e as pessoas vinham cá porque era a mãe do Salvador mas depois ficaram porque a comida era boa», explica a mãe de Luísa e Salvador Sobral.

«O País não estava preparado para um Salvador Sobral»

A frontalidade de Salvador Sobral foi um dos temas de conversa e, apesar de afirmar que agora tem um «mini filtro», o artista revela que a mãe tem um papel fundamental na sua vida. «Ela é muito objetiva . Não tem vergonha de me dizer : ‘porque é que disseste isso naquela entrevista?», assume, suscitando a seguinte pergunta de Goucha: «Qual foi a pior coisa que disseste?».

De imediato, Salvador Sobral falou do evento Juntos por Todos, em junho de 2017, para ajudar as vítimas dos incêndios, altura em que disse: «Eu sinto que posso fazer qualquer coisa que vocês aplaudem. Vou mandar um peido para ver o que é que acontece».

Apesar de, na altura, ter sido repreendido pela mãe, o artista afirma: «Não se sabia onde estava o dinheiro, mas o grave foi eu falar».  

Manuel Luís Goucha não esconde o facto de ser fã do vencedor da Eurovisão e acrescenta: «O País não estava preparado para um Salvador Sobral. Foges ao politicamente correto». 

Partilhar no Facebook
62 62 Partilhas

Fonte: Novagente · Crédito foto: Novagente