Ruben Rua revela o que correu mal no casamento com Sofia Ribeiro

Os verdadeiros motivos do divórcio

Partilhar no Facebook
35 35 Partilhas

Ruben Rua revela o que correu mal no casamento com Sofia Ribeiro

Ruben Rua e Sofia Ribeiro divorciaram quatro meses depois de terem casado. Pela primeira vez o modelo conta o que correu mal na relação com a atriz.

O jovem de 32 anos acredita que o fim do casamento foi motivado pela imaturidade do casal e por estarem em   momentos profissionais diferentes. 

«A Sofia foi a minha primeira namorada. Foi o meu primeiro grande amor […] Foi a primeira namorada que apresentei aos meus pais […] Foi o amor da minha vida», começa por dizer Ruben Rua. «Foi tudo muito intenso. Muito apaixonado. Foi também difícil. Conheci a Sofia numa quarta-feira e vim para a Lisboa numa sexta-feira. Eu morava no Porto», conta. 

Foi amor à primeira vista: Depois de conhecer a ex-mulher, pegou numa mala, apanhou o comboio e veio para Lisboa à procura de amor. «Quando entrei no carro dela, a imagem e o sentimento que tenho é que vi a mulher mais bonita do mundo. […] Nunca houve uma mudança pensada do Porto para Lisboa, porque tinha uma namorada», admite. 

Na mesma entrevista, Ruben Rua confessouque deixou a carreira de modelo de lado só para se dedicar ao casamento.

«Acho que estávamos em fases opostas da nossa vida. Imagina, eu era modelo e viajava. Deixei de viajar para ficar com ela. Ou seja, a minha vida passou a ter um vazio. Um modelo internacional, subitamente, mora em Lisboa com a Sofia. Mas os pais moram no Porto. Os amigos moram no Porto. E eu estou em Lisboa por amor. Profissionalmente, passo a trabalhar menos. Passo a ganhar menos», diz. «As despesas sobem. A Sofia está do lado oposto. A Sofia está em alta, está com uma novela no ar, trabalha das 8h às 20h, todos os dias. Profissionalmente, super ocupada e em ascensão. Está na cidade dela. Com os amigos dela. Está confortável. Eu estava de um lado e a Sofia estava do outro», acrescenta. 

"Lembro-me de ela chegar a casa cansada e desfeita. Hoje, compreendo isso e na altura não compreendia. E eu estava cheio de energia, porque tinha estado aquele dia à espera que ela chegasse a casa. Eu queria fazer mil coisas e ela não queria», revela ainda. 

«Acho que éramos os dois imaturos. Éramos muito novos […] Eu era um miúdo e a Sofia também». O casamento durou poucos meses, apenas quatro. «O fim foi muito difícil. Acho que o ponto final foi muito libertador. O dia em que me separei foi um dia libertador, porque as coisas chegaram  a um ponto em que já não faziam sentido. E foi um dia que foi adiado duas vezes. Eu estive para não me separar duas vezes, com a Conservatória marcada. Cancelei duas vezes no próprio dia. Cancelámos os dois, porque gostávamos tanto um do outro, que lutámos até ao fim».

Ruben Rua  sentia ainda que estava a cair no esquecimento, na altura era conhecido como o marido de Sofia Ribeiro. «Era o namorado da Sofia, depois era o marido da Sofia. Quem é que sabia que eu tinha desfilado para a Dolce &Gabanna? Ou para o Jean-Paul Gaultier? […] Ninguém sabia. […] Eu casei-me e passado, quatro meses, estávamos em casas diferentes [….] divorciei-me passado um ano e tal», assegura: «No dia em que me separei, fi-lo com certeza». 

Agora, oito anos depois do enlace, admite que o divórcio foi uma «derrota pessoal». «Sofri com isso. E a minha família sofreu com isso também. Obviamente que a Sofia e os seus também sofreram. […]. Os ressentimentos ficaram, as cicatrizes continuam e vão sempre continuar, e houve uma aprendizagem». 

Partilhar no Facebook
35 35 Partilhas

Fonte: www.novagente.pt · Crédito foto: www.novagente.pt