Polémica: Ator de “Floribela” acusa a mãe de roubo e avós de violência

Mãe já reagiu ás acusações do filho!

Partilhar no Facebook
188 188 Partilhas

Polémica: Ator de "Floribela" acusa a mãe de roubo e avós de violência

Diogo Carmona tornou-se conhecido do público quando participou na novela "Floribela", interpretando a personagem de Tomás.

Depois da sua estreia na SIC, o jovem ainda integrou vários projetos, chegando ainda  a fazer parte do elenco da sétima temporada de ‘Morangos com Açúcar’.

Aos 21 anos encontra-se longe dos holofotes e num desabafo nas redes sociais,conta como os últimos anos foram difíceis.  Acusa a mãe de o roubar e os avôs paternos de o maltratarem.

"Aos 18 anos foi-me prometido pela minha mãe que iria ter acesso a essa conta. Aos 19, descobri que a minha mãe me tinha roubado centenas de milhares de euros, entrei numa fase depressiva e afastei-me de todos", começa por escrever Diogo Carmona.

Afastado da ficção, Diogo assume que viveu uma fase menos feliz e acusa a progenitora de ter usado essa situação para o prejudicar.

"A minha mãe aproveitou o facto de eu estar um pouco em baixo para me internar numa ala de psiquiatria como doente (caso a pusesse em tribunal ela ia alegar que eu era maluquinho e não tinha responsabilidade para gerir dinheiro). Quando confrontada pelo resto da minha família disse que ainda restava dinheiro: mentira", acusa.

"Continuei a viver com a pessoa que pior me fez até à relativamente pouco tempo, depois de ter chamado a polícia várias vezes a nossa casa a alegar que lhe fazia violência doméstica".

"Conseguiu expulsar-me de casa, fiquei em casa de amigos e familiares. Não se preocupou com a minha sobrevivência, deixou-me às mãos do destino e de amigos, que não tinham maturidade para perceber a situação", acrescenta.
Sem trabalho e sem meios de sustento, Diogo mudou-se para a casa dos avós paternos.

"Estava de momento a morar em casa dos meus avós paternos (sendo que o meu pai nunca foi presente) e hoje os meus avós mostraram que tal como a minha mãe tinham o plano de me deixar na miséria e provocaram voluntariamente uma briga comigo. Agrediram-me com um taco de golfe, com o meu skate entre outros objetos e ligaram para a polícia a dizer que eu é que tinha começado tudo. Fui levado para o hospital pela ambulância e deixaram-me sozinho no hospital", denuncia.

Desesperado, o jovem artista pede auxílio. 

"Acho que preciso de ajuda de pessoas que não me querem mal", finaliza.

O site Flash entrou em contacto com a mãe do jovem que respondeu: 

"As acusações não correspondem à verdade. Obviamente não vou falar mal do meu filho. Agradeço o contacto, mas não vou fazer comentários sobre esse assunto", revelou.

Partilhar no Facebook
188 188 Partilhas

Fonte: www.flash.pt · Crédito foto: dioguinho.pt