O Príncipe Harry e Meghan enfurecem muitas pessoas com o anúncio do bebé.

Todos os detalhes no interior.

Partilhar no Facebook
75 75 Partilhas

Diz-se que a desgraça de alguns é a felicidade de outros, mas às vezes é a felicidade de alguns que causa a infelicidade de outros. Foi isso o que o Príncipe Harry e a sua esposa Meghan Markle descobriram depois de terem anunciado que estavam à espera de um primeiro filho!

Quando sabemos o quanto as pessoas do Reino Unido se sentem em relação à família real, é difícil acreditar que as notícias do primeiro filho para o príncipe Harry e Meghan Markle possam ser uma infelicidade para algumas pessoas. O casal real está atualmente a ser alvo de fortes críticas da população por ter anunciado as suas "boas novas" no dia 15 de outubro.

Como muitas pessoas, você pode estar a perguntar-se porque o anúncio de um bebé no dia 15 de outubro é de mau gosto, é porque esse é o último dia da Semana de Prevenção do Luto Perinatal. De fato, para ser mais preciso, o casal não poderia ter escolhido um dia pior para fazer tal anúncio, porque além de ser o último dia desta semana dedicado às pessoas que perderam um filho antes ou logo após nascimento, este é o Dia Mundial do Luto Perinatal.

Além disso, o casal real está muito mal colocado para afirmar que não sabia, porque este dia é sublinhado em muitos países do mundo, incluindo Canadá, Estados Unidos, Itália, Quénia e claro, o Reino Unido. 

Foi ao vivo da Austrália, em Sydney, que o casal fez o grande anúncio do seu primeiro filho.

De acordo com as notícias confirmadas pelo Palácio de Kensington, a futura mãe de 37 anos estaria em excelente estado de saúde e ela teria acabado de ter a sua ecografia de 12 semanas de gravidez.

Assim que o grande anúncio foi feito, pudemos ver aqui e ali os internautas nas redes sociais que se perguntavam abertamente se era de bom gosto fazer tal anúncio quando milhares de pais hoje sublinham a morte das suas criança prematuras.

Ruth Bender Atik, diretora nacional da Associação de abortos, uma organização que ajuda pessoas que sofreram abortos espontâneos, disse: "Eu acho que eles não sabiam, eu acho que também que para todos aqueles que tiveram a infelicidade de perder um bebé, houve também um momento de alegria quando essas pessoas anunciaram que estavam à espera de um bebé, eu posso entender como elas se sentem. Pode ser muito doloroso, mas eu gosto de pensar que o casal não estava ciente do significado deste dia especial ".

O Palácio de Kensington ainda não comentou esta situação.

Partilhar no Facebook
75 75 Partilhas

Fonte: ayoye · Crédito foto: ayoye