Noémia Costa revela ter sido vítima de violência doméstica às mãos do ex-marido

A vida de Noémia Costa nem sempre foi um mar de rosas.

Partilhar no Facebook
0 0 Partilhas

A atriz Noémia Costa, de 55 anos, foi a convidada do Alta Definição, da SIC, deste sábado, dia 9 de novembro, e abriu o coração a Daniel Oliveira. A entrevista intimista foi marcada por revelações surpreendentes do foco pessoal relacionadas com o pai, que morreu em 2016, da paragem cardíaca da mãe aos 90 anos, da filha Joana, «o seu maior tesouro», e ainda do ex-marido, Licínio França, também ele ator. 

Noémia Costa foi casada com Licínio França. Uma relação que durou mais de 20 anos e do qual nasceu Joana França.

 O casal separou-se em 2004 mas os motivos que originaram a ruptura nunca foram revelados até então. Pela primeira vez, Noémia Costa desvendou a principal razão que fez com que colocasse um ponto final na relação com o pai da sua filha.

«Poupava a Joana de ter visto certas coisas», diz Noémia Costa

«Ninguém quer que uma relação falhe principalmente 22 anos depois. Mas não devia ter deixado que a relação se estendesse mais. Poupava a Joana de ter visto certas coisas que, infelizmente, acabou por ver. A Joana é fruto de um grande amor. Eu estou sozinha há 14 anos. Aprendi a não cometer os mesmos erros se aparecer outra pessoa. A não permitir… Aprendi a ganhar respeito por mim. A agressão física e verbal é sempre dolorosa.»

Perante a afirmação, Daniel questionou: «Sofreu ambas?». «Sim, infelizmente. Embora tenha o maior respeito por ele. É o pai da minha filha. Olho para a Joana e jamais me poderia esquecer dele. A Joana viu algumas dessas agressões…», disse para depois continuar: «Guardo coisas boas da nossa relação porque elas também existiram mas foi o ‘já não dá mais’, ‘o acabou’».

Partilhar no Facebook
0 0 Partilhas

Fonte: Impala · Crédito foto: Impala