Mariza mostra o rosto do filho em foto inédita

Martim já tem sete anos! Veja como está

Partilhar no Facebook
267 267 Partilhas

Mariza mostra o rosto do filho em foto inédita

A fadista Mariza optou sempre pela privacidade em relação ao seu filho Martim, agora com sete anos. No dia em que celebrou o seu 45º aniversário a fadista abriu uma excepção e partilhou uma foto com o filho.

Na imagem, Mariza está a apagar as velas com a ajuda de Martim.

"Obrigada a todos pelas mensagens de parabéns, estão todos no meu coração", escreveu na legenda, grata pelo carinho recebido no seu dia. 

Outros artigos relacionados com Mariza:

Mariza desesperada por causa do filho: "Sinto-me culpada"

Mariza foi entrevistada por Fátima Lopes para o programa "Conta-me como és" e não vai conseguir conter a emoção ao falar do seu filho, Martim de sete anos.

A fadista sente-se culpada por não estar presente na vida do filho.

"Às vezes sinto-me culpada por não estar tão presente na vida do meu filho. Mas a vida é como é", declarou em lágrimas a cantora de 44 anos de idade

Relembramos que o filho de Mariza nasceu prematuro, aos seis meses e meio de gestação, o que foi o início de longos 4 meses nos cuidados neonatais do Hospital de Santa Maria, em Lisboa.

No ano passado o pequeno Marim viu a mãe e o pai separarem-se, depois de seis anos de casamentos.

Mariza rompe silêncio e fala de assunto delicado

A fadista Mariza falou pela primeira vez da sua separação com o empresário António Ferreira. Apesar desta separação já ter sido tornada publica há algum tempo só agora a fadista confirmou.

Mariza fez um comunicado nas redes sociais em que afirma que a situação é irreversível:

"Com algumas intermitências, tem sido noticiada a crise e cessação do meu matrimónio com o António Manuel da Costa Ferreira. Pese embora o pudor que de alguma maneira me tem inibido na assunção pública da ruptura, seja por razões de afectividade, seja por termos um filho em comum, o Martim, que coloco acima de tudo e tudo farei, como sempre tenho feito, para preservar, chegou todavia o momento em que a manutenção da nossa separação em sigilo, ao invés de proteger o que quer que seja, começa a tornar-se demasiado pesado, ao ponto de provocar efeitos completamente opostos ao pretendido, designadamente, pela susceptibilidade de gerar situações equívocas e mal entendidos, eventualmente de perversas consequências no futuro, para além da deslealdade para com o público e todos os que me respeitam e não merecem que se mantenham falsas aparências.

Chegou o momento em que entendi que este facto é coisa que acontece entre pessoas, que ambas continuam a dever ser respeitadas uma pela outra e por toda a gente, seja por aquilo que se deram mutuamente, seja por aquilo que são e vão continuar a ser, para continuarem a merecer o respeito e compreensão de todos.

Tudo para dizer que cabe dar a saber que eu e o António cessámos o nosso relacionamento conjugal há mais de um ano a esta parte, em efectiva e total separação de facto, com vidas totalmente separadas e independentes, tratando-se de situação irreversível, estando a ser dados os necessários passos para o decretamento do divórcio. Ficam as nossas recordações, aquilo que de mais importante tivemos e sempre teremos em comum, o nosso querido Martim, que ambos, em respeito um pelo outro e, primeiro que tudo, pelo Martim, vamos sempre colocar acima de qualquer diferendo, encontrando os melhores consensos e adoptando todos os necessários instrumentos para que assim seja efectivamente. A todas as pessoas, peço que entendam, respeitem e que seja atendida e preservada a nossa privacidade."

Partilhar no Facebook
267 267 Partilhas

Fonte: tvmais.sapo.pt · Crédito foto: tvmais.sapo.pt