Marco Delgado confessa crime que cometeu em 2015

“Apareceu a policia de intervenção, armados até aos dentes”

Partilhar no Facebook
193 193 Partilhas

O ator Marco Delgado foi o convidado de Daniel Oliveira no Alta Definição e fez uma confissão chocante.

Maco Delgado foi detido após se ter reunido com amigos para jogar poker  “Sim, o poker é um jogo pelo qual eu sou apaixonado. É um jogo de estratégia. Eu gosto do jogo emocional à volta do jogo de poker”, começou por explicar.

“Quando houve aquele acontecimento em que fomos todos presos na casa de um amigo meu onde estávamos todos presos. Fiz um depoimento público a explicar exatamente o que se passava, precisava de explicar”, continuou. 

Daniel Oliveira perguntou se o ator se temeu que a sua carreira ficasse manchada:

 “foi tão rápido o escalar de toda aquela situação e, na altura, estava a fazer um trabalho na TVI em que fazia de comandante da GNR. Foi tudo muito caricato”. 

“Apareceu a polícia de intervenção. Estavam armados até aos dentes. Entrou em casa, nós éramos 30, eles eram 80. Foi violento, mas ao mesmo tempo foi um laboratório para aquilo que eu estava a fazer naquela altura. Eu estava a viver a situação e ao mesmo tempo a distanciar-me enquanto ator.

Sobre a detenção revelou: “fisicamente não foi violento. Nós éramos um grupo de amigos que estava a jogar. A primeira coisa que nos passou pela cabeça foi que aquilo era um assalto. Foi de uma forma tão brusca que não percebemos o que se estava a passar”. 

O apresentador perguntou também se o ator desejou ser anónimo. “Sim, tenho a noção que aquilo tomou a dimensão que tomou porque estava lá. 

Veio-se a provar que não era mais nada do que um grupo de amigos que se reunia, apesar de ser ilegal.”

Por fim, Marco Delgado contou: “felizmente as coisas estão resolvidas, fomos ouvidos pelo procurador do Ministério Público que baixou o processo a inquérito”. 

Partilhar no Facebook
193 193 Partilhas

Fonte: www.novagente.pt · Crédito foto: www.novagente.pt