Marcelo Rebelo de Sousa está no limite das suas forças

Presidente da República faz confissão alarmante

Partilhar no Facebook
3,295 3.3k Partilhas

Está sempre pronto para acolher e dar uma braço de conforto aos portugueses, mas Presidente da República admitiu que já chegou ao limite das suas forças muitas vezes.

Ao 68 anos, Marcelo Rebelo de Sousa faz questão de estar presente em todo o lado que considera importante. Passado mais de um ano e meio de ter assumido o mais alto cargo do Estado Português, o  'Presidente dos afetos' tem plena noção que muitas vezes vai para além dos seus limites e começa a sentir no corpo as consequências de uma agenda tão preenchida. 

 "Aguento coisas que, se me perguntassem há dois anos se iria aguentar, eu diria: 'Não aguento'. Mas não aguentava mesmo. Como, por exemplo, comer uma banana ao pequeno-almoço, muito cedo, e estar praticamente sem comer nada até às cinco da tarde. Ou aguentar fazer durante dias seguidos mil quilómetros de automóvel e andar a pé... Acharia que não era capaz disso".

Hipocondríaco assumido revela que o síndrome parece ter-lhe passado perto das multidões:

 "Como é que um hiponcondríaco, como eu, beija todas as senhoras de Portugal, as constipadas, as engripadas, as febris, enfim... É uma boa questão e eu não sei responder. É que não penso nem um segundo nisso quando as pessoas me abordam a pedir beijos, abraços e 'selfies'", desvenda.
"Como é que um hipocondríaco, que devia preocupar-se com a situação física e a saúde, é capaz de esticar até ao limite por causa daquilo que acha que deve fazer e está a fazer com muito empenho?".

Partilhar no Facebook
3,295 3.3k Partilhas

Fonte: www.flash.pt · Crédito foto: www.flash.pt