Famosos : Jornalista da TVI conta que os filhos foram ameaçados devido a reportagem
Que acha? Deixe o seu comentário aqui.  

Jornalista da TVI conta que os filhos foram ameaçados devido a reportagem

“Os meus filhos são o elo mais fraco“

Publicado por Vamos lá Portugal em Famosos
Partilhar no Facebook
64 64 Partilhas

Jornalista da TVI conta que os filhos foram ameaçados devido a reportagem.

Alexandra Borges foi a convidada do programa  'Conta-me Como És', da TVI. A jornalista abriu o seu  coração e falou sobe a sua infância, o seu percurso profissional e os seus filhos.

A jornalista tem feito reportagens "polémicas" sem medos, e tem  plena consciência de que muitos dos temas que denuncia envolvem personalidades poderosas, a jornalista lamenta apenas que as pessoas a seu redor acabem também por passar por algumas ameaças. 

Alexandra luta pelo que acredita e só existe algo que a pode travar, a segurança dos filhos. A sua integridade física não a assusta: "Prefiro morrer com dois tiros que façam sentido do que a atravessar uma estrada."

Acabou por confessar que no ano passado, ela e os filhos tiveram de andar com seguranças “No ano passado, os meus filhos tiveram de andar com segurança depois de um trabalho meu”, afirmou Alexandra Borges. Para a jornalista, envolver os filhos no seu trabalho é uma atitude “cobarde”.

"É tão cobarde colocar a integridade deles em causa depois de trabalhos meus”, declarou. “Os meus filhos são o elo mais fraco de toda esta história”, acrescentou a jornalista.

Outros artigos:

Inesperado: Conan Osíris rouba protagonismo a Cristina Ferreira

Apresentadora é ultrapassada pelo cantor

Cristina Ferreira mostrou o seu apoio a Conan Osíris desde o inicio. Antes de Portugal aplaudir a Vitória, Cristina Ferreira fez questão de o receber em sua casa. 

Cristina Ferreira fez-lhe uma grande entrevista, que contou com muitas revelações dando a conhecer o jovem. O jovem fez sucesso, a ponto de ultrapassar a apresentadora no que toca a menções nas redes sociais. 

Conan Osiris ficou em 2º lugar no ranking das personalidades mais mencionadas nas redes sociais em Portugal, enquanto Cristina Ferreira ficou em terceiro. A conclusão é do estudo Social Media Explorer da MediaMonitor, que avança que o artista foi a segunda celebridades portuguesa mais mencionada em plataformas como o Facebook, Twitter, Blogs, Fóruns e Instagram.

Conan Osiris teve quase 5 mil menções e Cristina Ferreira manteve a terceira posição do buzz social de personalidades, com mais de 4 mil menções.

Cristiano Ronaldo conquistou o primeiro lugar.

Pedro Proença já reagiu ao despedimento da TVI

A TVI anunciou que dispensou “com efeitos imediatos, toda e qualquer colaboração” do advogado Pedro Proença. 

Entretanto, através da sua página no Facebook, Pedro Proença já reagiu a esta decisão lamentando profundamente que a estação de televisão TVI tenha utilizado uma questão do foro da sua vida profissional para justificar o seu afastamento.

Veja o texto na integra:

“O MEU AFASTAMENTO DA TVI

Sem prejuizo do respeito pela opinião da TVI relativamente a esta questão, não posso deixar de contestar a validade das razões invocadas para o meu afastamento da antena da estação, bem como a adjectivação como criminoso de um arguido que ainda beneficia da presunção da inocência por não ter havido ainda decisão transitada em julgado.

Nos quatro anos de colaboração com a TVI, pautei a minha participação semanal na antena daquela estação pela defesa intransigente dos direitos de cidadania, igualdade de géneros, tendo, com risco próprio e de forma frontal, denunciado centenas de situações em que os direitos dos cidadãos foram colocados em causa, sendo dos comentadores que mais casos de violência doméstica denunciou e que mais se insurgiu contra a passividade do sistema judicial em defesa das vitimas.

Afirmar o contrário relativamente aos meus valores é fazer tábua rasa de todo esse histórico de colaboração e é sobretudo uma manifestação de ignorância total relativamente à minha pessoa e em relação a tudo o que fiz na TVI.

Os meus valores são inquestionavelmente os valores do respeito pelos direitos humanos , da igualdade de género, da cidadania e da justiça.

Lamento profundamente que a TVI tenha utilizado uma questão do foro da minha vida profissional para justificar o meu afastamento e que não tenha comunicado publicamente esta situação de forma a preservar quem tanto deu pela estação, de mais uma diabolização pública da sua pessoa, contribuindo para o julgamento público e desfocado que se gerou em torno desta situação, tudo com base numa interpretação sensacionalista e desfocada de um documento elaborado no âmbito da actividade profissional do visado.

Não prescindo contudo de agradecer publicamente ao Diretor de Informação da TVI a confiança e todo o apoio que me prestou durante esta longa colaboração que agora termina e da qual guardarei gratas recordações e de desejar melhores dias para a TVI.”

Partilhar no Facebook
64 64 Partilhas
Goste/partilhe