Irmã de Marlene “raptada” pela IURD vive vida de luxo. Não quer saber a irmã

Jovem vive vida de luxo e não quer saber da família biológica

Partilhar no Facebook
185 185 Partilhas

Irmã de Marlene "raptada" pela IURD vive vida de luxo. Não quer saber a irmã

Marlene tem um dos segredos mais fortes da casa dos segredos 7 " "A minha irmã foi levada por um bispo da IURD".

  Recentemente a IURD ficou nas bocas do mundo após uma investigação da TVI em que foi revelado que nos anos 90 a igreja adotou crianças de forma ilegal. Muitas delas foram retiradas aos pais do dia para a noite sem que estes as conseguissem voltar a ver.

Com a irmã de Marlene a historia foi um pouco diferente, na medida em que foi a mãe que aceitou em plena consciência dar a sua filha para a adoção. O caso remonta a 1994, quando a mãe de Marlene ficou grávida e já com duas filhas (de um outro relacionamento) a cargo e um marido toxicodependente não tinha como sustentar mais uma criança. Nessa altura a mulher ingressou na IURD e sem olhar para trás deu a menina a um bispo da IURD.

Essa bebé hoje já tem 23  anos chama-se Raquel e nunca foi registada com o nome dos pais biológicos. Viveu  rodeada de luxos e mordomias e não está interessada no passado. 

A viver no Rio Grande do Sul, Raquel parece viver uma vida de sonho. Casou-se há 4 anos com Filipe, pastor da IURD. A jovem é obreira da igreja e faz vídeos e tutoriais de beleza que são partilhados nos meios de comunicação da IURD. "Sempre tive uma infância muito tranquila, rodeada de pessoas que me trataram muito bem, com muito carinho e respeito", revelou.

No entanto tal como em outros casos relatados, também esta jovem tentou o suicídio na adolescência.  A revista 'Vidas' terá tentado o contacto com Raquel Urbaneja, mas esta não se mostrou disponível para comentar o segredo da irmã que está na casa mais vigiada do país e que envolve as duas.

Partilhar no Facebook
185 185 Partilhas

Fonte: /www.flash.pt · Crédito foto: www.google.pt