Homem que ateou fogo no Sabugal morreu cercado pelas chamas que ateou

Ironia do destino? Morre nas próprias chamas de ateou

Partilhar no Facebook
2,541 2.5k Partilhas

Um homem de 73 anos foi encontrado no inicio da semana morto no concelho do Sabugal, no local onde deflagrou um incêndio.

Segundo a policia Judiciária o homem acabou por morrer cercado pelas chamadas que ateou.

O departamento de Investigação Criminal da PJ, contou com a participação direta de peritos no laboratório que "recolheu elementos fortemente indiciadores" em como o incêndio florestal "teve origem em queima de sobrantes".

"Esta actividade foi levada a cabo por [um] homem de 73 anos de idade, que, entretanto, foi cercado pela força das chamas que rapidamente fugiram ao seu controlo e que provocaram a sua morte no local", refere a nota.

O incêndio deflagrou pelas 10h53 de segunda-feira, numa zona de mato, e, pelas 12h30 entrou em fase de conclusão.

Partilhar no Facebook
2,541 2.5k Partilhas

Fonte: http://rr.sapo.pt · Crédito foto: http://rr.sapo.pt