Fernanda Serrano ajudou Eduardo Beauté a pagar as dívidas

​Fernanda Serrano ajudou a pagar dívidas

Partilhar no Facebook
0 0 Partilhas

Fernanda Serrano ajudou Eduardo Beauté a pagar as dívidas

Há muitos anos que os problemas financeiros atormentavam o conhecido cabeleireiro Eduardo Beauté. Muitos dos seus "amigos" foram criticados por o ter abandonado quando ele mais precisava.

Fernanda Serrano, certamente não faz parte desse núcleo. A atriz em 2001, ajudou Eduardo a  pagar uma dívida de cerca de 10 mil euros, quando este  geria um salão de beleza no Atrium Saldanha

De acordo com a revista TV Guia, a intérprete, de 45 anos, deu-lhe um cheque no valor de 2 mil contos (moeda antiga), que Beauté viria a depositar numa agência bancária do já extinto Banco Espírito Santo. “Ele atravessava uma fase de grandes dificuldades financeiras, com incumprimento de vários pagamentos”, explicou uma fonte a essa mesma publicação.

Outros artigos:

Paula Nabais faz sentida homenagem a Eduardo Beauté

Paula Nabais está a emocionar os amigos mais próximos de Eduardo Beauté com uma mensagem que escreveu para a última homenagem ao cabeleireiro dos famosos.

"Já brilhavas no começo de vida e não demoraste a mostrar que o teu brilho transcendia as tuas origens. Sempre as honraste, porque elas faziam parte dele. Mas o teu destino era transcendê-las. Não é por isso de estranhar que hoje brilhes para lá da vida",pode ler-se na homenagem publicada no Facebook um pouco antes da homenagem dos amigos na Basílica da Estrela, em Lisboa.

"As melhores estrelas são aquelas que formam constelações. Tu não querias brilhar sozinho. Sempre que podias, ajudavas os outros a brilhar. Com a tua arte, serviste o brilho de tantos. De 'performers' que com o teu dom ajudaste a tornar artistas. De anónimos que, por um dia, com esse mesmo dom, fizeste sentirem-se artistas", lê-se ainda.

Eduardo Beauté morreu no último sábado, 7, vítima de uma embolia cerebral, aos 52 anos de idade. O cabeleireiro foi cremado esta quinta-feira, 12, em Leiria. 

ÚLTIMA HORA: Autópsia de Eduardo Beauté não descarta possibilidade de suicídio

Há um novo volte-face no mistério que envolve a morte do conhecido cabeleireiro. Ao contrário do que foi divulgado, parece que, afinal, o exame post mortem não foi conclusivo.

Quando saiu a notícia da morte de Eduardo Beauté houve rumres que se podia ter tratado de suicídio, dado que o cabeleireiro atravessava uma fase difícil da sua vida.

O fim do relacionamento com Luís Borges e uma situação profissional mais instável com algumas dificuldades financeiras à mistura, acabaram por mergulhar Beauté num estado depressivo muito preocupante. Contudo, parecia que estava a recuperar e a tese de suicídio acabou por não fazer muito sentido e os rumores foram rapidamente descartados.

A tese de suícidio ficou ainda mais descartada depois da divulgação dos resultados da autópsia apontavam para uma morte por causas naturais. Eduardo teria morrido na sequência de uma embolia cerebral.

A TVI avança agora que, afinal, os "resultados da autópsia foram inconclusivos". Garante que, mesmo depois do exame 'post mortem', as causas da morte de Eduardo Beauté ainda estão por apurar.

"A TVI sabe que os resultados da autópsia foram inconclusivos e que a hipótese de suicídio, que a morte por causas naturais continuam em cima da mesa" afirma a estação de televisão.

""Só a toxicologia poderá adiantar mais detalhes, mas os resultados poderão demorar cerca de um mês a serem apurados. A única certeza é que não houve intervenção de terceiros, ou seja, está completamente posta de parte a hipótese de crime".

Partilhar no Facebook
0 0 Partilhas

Fonte: www.atelevisao.com · Crédito foto: dioguinho.pt