Famosos : Dona Zélia não gosta da nova candidata: “Não tem nada a ver com o meu Ivo, esta mulher”. Mas ele diz: “A gaja até é bem boa!”
Que acha? Deixe o seu comentário aqui.  

Dona Zélia não gosta da nova candidata: “Não tem nada a ver com o meu Ivo, esta mulher”. Mas ele diz: “A gaja até é bem boa!”

​Dona Zélia arreliada com nova concorrente

Publicado por Vamos lá Portugal em Famosos
Partilhar no Facebook
36 36 Partilhas

Dona Zélia não gosta da nova candidata: "Não tem nada a ver com o meu Ivo, esta mulher". Mas ele diz: "A gaja até é bem boa!"

Dona Zélia, a mãe do concorrente Ivo volta a dar que falar depois das declarações que fez sobre a nova concorrente a namorar com o filho. Liliane de 34 anos vem do Algarve, tem duas filhas e uma empresa. É uma mulher independente, algo que não agradou a D. Zélia.

A jovem mostrou a sua simpatia, mas não convenceu: "Não tem nada a ver com o meu Ivo, esta mulher. Nada, nada!", atirou a senhora. "Eu acho que a senhora não foi muito com a minha cara", lamentou a jovem em entrevista.

Dona Zélia não viu com bons olhos o facto da jovem ter duas filhas: "Qualquer filho para mim é um problema, porque eu quero um neto para mim... mas meu!", reagiu a senhora, em entrevista. "Ela tem a empresa dela, ela tem o trabalho dela e não é para o meu Ivo!", afirmou.

As unhas da concorrente também foram alvo de criticas: "As unhas vão-se todas embora, minha amiga", explicou, referindo-se ao trabalho no campo.

Já Ivo não concorda com a mãe e gostou do que viu "Eu desconfiava que vinha aí alguém, mas não pensei que fosse... a gaja até é bem boa!", atirou o agricultor.

.

Outros artigos:

Saiba quanto ganham os concorrentes de "Quem quer namorar com o Agricultor"... Vai ficar surpreendido

Revelado os valores que os concorrentes estão a receber!

A revista TVMais revelou os valores que os agricultores e as suas pretendentes estão a ganhar por participar no programa "Quem quer namorar com o agricultor". Segundo a revista os concorrentes recebem 75 euros por cada dia de gravação. Ao todo, foram mais de 30 dias de rodagem, o que significa que cada um ganhou 2250 euros.

No programa "Casados à Primeira Vista", os concorrentes ganharam cerca de 2000 euros pela participação que durou dois meses, ou seja os concorrentes desta nova experiencia social estão a ganhar mais.

Agricultor da Guarda foge de Espanha por dívidas. Vítima conta tudo

O passado do agricultor Filipe Camejo está a dar que falar. Roger Robleno, Brasileiro que vive em Madrid conta como foi enganado pelo agricultor. 

Conheceram-se em 2001 e mudou a sua vida para Espanha depois de ser aliciado por Filipe para ser sócio de um restaurante, mas esta aventura não teve um final feliz.

"Conheço-o desde 2002, trabalhava ele na clínica dentária de um amigo meu. Na verdade, o Filipe fazia um pouco de tudo. Chegou a ser DJ, a trabalhar num banco no Estoril, teve um bar em Cascais...", começou por contar o brasieiro que durante 10 anos foi amigo do agricultor.

Em 2015, Filipe convidou o amigo para ser seu sócio num restaurante de sushi em Cádiz, em Espanha – o Sotomaki. O projeto parecia aliciante.

"Vendi a minha produtora no Brasil e fui para Espanha", conta o alegado lesado. Desde que Roger se mudou para Espanha, tudo demorou muito tempo a ser tratado: "Ele demorou meses a arranjar um sítio para eu viver. Estive muito tempo a dormir num lugar que mal tinha condições", revela. 

 "Ele era muito pouco organizado e não geria bem o negócio. Chegou a um limite. Todo o dinheiro que entrava no restaurante era gasto em festas. Chegou ao ponto da pessoa que estava na caixa do restaurante se recusar a dar-lhe dinheiro para as mãos."

Os desentendimentos começaram nessa altura: "Quando comecei a querer sair daquele filme fiz o levantamento da empresa e constatei que o meu nome nem estava na documentação. Ou seja, na verdade, não era sócio de nada. Era tudo mentira!"

Os tempos que se seguiram não foram fáceis. Roger não queria acreditar que o amigo de longa data o tinha enganado e o deixado ficar sem nada. "O advogado fez o levantamento de tudo e, num total, ele deve-me entre 25 a 30 mil euros. As passagens de avião, os alugueres da casa e do restaurante, o que vendi para vir ter com ele... Investi muito dinheiro naquele restaurante mas via pouco retorno."

Roger colocou um processo em tribunal contra o agricultor, mas não o conseguiram contactar:"Ele desapareceu, fugiu! Quando o tentaram localizar não conseguiram porque ele já não estava em Espanha. Não se despediu de ninguém. Simplesmente, um dia já não estava cá. Nem as chaves do restaurante entregou. Desapareceu mesmo!"

Foram amigos do brasileiro, que já viveu em Cascais que lhe contaram que Filipe estava a participar num programa da SIC:"Não estou a contar esta história por dinheiro mas sim por tudo aquilo que este homem me fez. Acho que não merece sair impune de tudo isto."

Partilhar no Facebook
36 36 Partilhas

Fonte: www.flash.pt
Crêdito foto: www.flash.pt

Goste/partilhe