Diogo Piçarra enfrenta nova acusação de plágio! Saiba a opinião do investigador

Música foi avaliada por investigador musical

Partilhar no Facebook
47 47 Partilhas

Diogo Piçarra enfrenta nova acusação de plágio! Saiba a opinião do investigador

Está terá sido sem dúvida a semana mais polémica da vida de Diogo Piçarra. Depois de ter brilhado no Festival da Canção e ter arrecadado o maior numero de pontos, este era um forte candidato para representar Portugal no festival da Eurovisão com a música «Canção do Fim». Porém as acusações de plágio com um tema da IURD (Igreja Universal do Reino de Deus)fizeram-no desistir da competição.

Na passada quarta-feira o cantor voltou a ser acusado novamente de plágio, desta vez da música «Meu é Teu», lançada em outubro de 2015, segundo um vido publicado a canção tem muitas semelhanças com a música «Falling Slowly». 

«Há um plágio muito grave que o Diogo Piçarra fez há alguns anos e tem sido silenciado ou ignorado pela indústria musical portuguesa desde sempre o que me tem incomodado bastante. Aproveito agora esta chamada de atenção para a sua falta de originalidade que surgiu da sua participação do festival da canção para falar disto.

O Diogo Piçarra teve a coragem de fazer um plágio em 2015 de uma música chamada «Falling Slowly - Glen Hansard e Marketa Iglova». 

O site da "Nova Gente" contactou João Carlos Callixto, um investigador musical e este depois de ouvir as músicas garantiu: «Não tem nada a ver».

«Podem haver parecenças pontuais. Percebei por que é que alguém pode ter falado em plágio. Mas não é plágio», garante o investigador musical.

 A agência de Diogo Piçarra acrescenta que a canção «Meu é Teu» está registada na Sociedade Portuguesa de Autores como uma «adaptação, com a referência aos autores iniciais». Seguidamente, a Universal referiu: «Não temos mais nada a declarar».

Oiça as músicas:

Partilhar no Facebook
47 47 Partilhas

Fonte: www.novagente.pt · Crédito foto: www.novagente.pt