Conheça a enorme fortuna de Roberto Leal

Cantor tinha uma legião de fãs em Portugal e no Brasil.

Partilhar no Facebook
0 0 Partilhas

Roberto Leal nasceu em Macedo de Cavaleiros, mais específicamente no Vale da Porca. Ele teve uma infância dura partilhada com os 10 irmãos, mas conseguiu mudar isso e tornar-se num dos cantores mais conhecidos de Portugal e do Brasil. Muitas vezes sem ser reconhecido.

Roberto Leal emigrou para o Brasil com 11 anos com a família, e tudo mudou. 

Foi no Brasil que se tornou um fenómeno e vendou milhões de discos depois de ter estado no sítio certo à hora certa, ou seja, após ter participado no programa de Chacrinha, apresentador que apelidou Roberto Leal do "português mais bonito de Portugal". O seu sucesso deu um grande salto em 1971, depois de cantar 'Arrebita' na TV Globo.

Roberto Leal chegou mesmo a ter uma mansão no Morumbi, ao lado de nomes como Roberto Carlos ou Emerson Fittipaldi. Cehgou a ter 7 empregados e 2 seguranças 24 horas por dia. A casa chegou a ser assaltada e a ter a família sequestrada por assaltantes que foram ajudados por pessoas com quem trabalhava: roubaram carro, jóias, roupa mas conseguiu evitar que fizessem mal à família.

Também chegou a ter um palacete em Sintra que mais tarde vendeu ao Estado, para comprar uma quinta no Carregado, que agora faz parte da herança que deixa aos filhos e à esposa.

Em São Paulo também tem várias propriedades.

Os direitos de autor também continuam a render bom dinheiro: afinal, vendeu 17 milhões de discos e deu mais de 5 mil concertos ao longo dos 48 anos de carreira.

Ele atuou pela última vez no dia 12 de setembro, 3 dias antes de morrer.

Roberto Leal tinha um grande legado musical mas também de generosidade e fé, características que muitos reconheceram ao comentarem a sua morte.

Deixa viúva e três filhos e duas netas, com quem tinha uma grande cumplicidade. 

Partilhar no Facebook
0 0 Partilhas

Fonte: Flash · Crédito foto: Flash