Chocante: José Castelo Branco recorda violação aos 9 anos

José revela trauma de infância

Partilhar no Facebook
0 0 Partilhas

Chocante: José Castelo Branco recorda violação aos 9 anos 

José Castelo Branco deu uma entrevista ao jornal Sol, onde revelou um episódio marcante que viveu. O socialite foi vítima de abuso sexual aos 9 anos de idade, na casa dos seus pais em Moçambique. 

"Faço anos a 8 de dezembro e isto acontece na passagem de ano. Nós vivíamos numa casa colonial muito grande, daquelas à séria. Tínhamos uma varanda com arcadas, era uma casa colonial mesmo, toda caiada de branco, sempre imaculada e com o chão super encerado. Tínhamos bastantes empregados em casa. Nessa passagem de ano.... às vezes me pergunto a mim próprio: 'Será que fui eu que tive a culpa e que provoquei?' Sei que estava no quarto dele, que era namorado de uma prima, agarrado a uma rede, porque todas as portas tinham redes por causa dos mosquitos, e estava a ver o rio Zambeze e o batelão a passar. Ele põe-se atrás de mim e, falando em vernáculo, começa a roçar-se e de repente leva-me para a cama. Fiquei sem reação. E houve uma penetração", relatou. 

Para José Castelo Branco este trauma terá ditado a sua orientação sexual:"Não sou um gay comum, igual a todos os outros".

José Castelo Branco contou, ainda, que o pai o acusava de ser "cobarde", e que o tio o obrigava a "vestir-se de homem". 

Já com o irmão, a relação era igualmente complicada, uma vez que este último nunca o aceitou. "Eu sabia que era diferente, mas não era diferente. Era igual aos outros, nem mais nem menos. Porquê sofrer esse bullying?", questionou.

Outros artigos:

José Castelo Branco é traído por colaborador e denuncia situação

José Castelo Branco decidiu denunciar uma situação pela qual passou no Instagram. A sua página do Movimento de Justiça Portuguesa (MJP), que tinha quase 16 mil seguidores e que tinha sido criada para apoiar a candidatura do marchand d’art às eleições legislativas, foi apropriada por um dos seus colaboradores.

Revoltado, José Castelo Branco pede para denunciarem a situação:

«Um colaborador do MJP aproveitou-se da conta do MJP para proveito próprio. Denunciem», pediu Castelo Branco, mostrando uma imagem do respetivo perfil de Instagram identificada como pertencente a Wilson Crispim.

José Castelo Branco já pode respirar de alivio. o seu pedido foi atendido e a página  foi bloqueada pelo Instagram.

Polémica com Victor Espadinha: "O Zé é um aldrabão"

A participação de José Castelo Branco no "Roast" está a dar muito que falar. O socialite revelou que Victor Espadinha tinha um bar de meninas, e ao que parece não estava a mentir.

Lembro-me muitíssimo bem que tinhas um bar de vacas, umas do alterne, no Estoril, onde eu ia todas as noites depois de sair dos sítios civilizados“, atirou Castelo Branco.

Maria Matos, mulher de Espadinha era a sócia-gerente do Bar da Tina, [ainda existe hoje em dia], disse que esta informação é correta e algo que o CM já tinha noticiado em 2011.

 Na altura a PSP tinha efetuado buscas ao estabelecimento noturno e a mulher tinha sido detida-“A Maria é sócia do Bar da Tina, assim como de vários estabelecimentos da noite e realmente foi confrontada com as buscas (…) Quando soube do que se passava fui ter ao bar para a apoiar e ir buscá-la“, disse na altura.

No entanto Vitor Espadinha não confirma e chama aldrabão a José:  “Ela era sócia de uma empresa que, entre várias coisas, tinha um bar. Era de striptease, não de alterne, e não tinha nada a ver comigo”.

O Zé [Castelo Branco] é um aldrabão”, disse ao CM.“A maluquinha do travesti disse aquilo e como nós nos estávamos todos a divertir, eu não quis interromper para desmentir. Também não me importa nada o que ele diz. Se ele disser que eu lhe fui ao rabo, é mentira, mas o que é que eu hei-de fazer?” acrescentou Espadinha.

José Castelo Branco está atento e já reagiu!

Ai que horror! Que nojo! (…) Não imaginava que o Victor Espadinha chegasse aos 80 anos homofóbico. É absolutamente ridículo. Falar que me ia ao c*? Que baixaria! Graças a Deus que nunca me dei com pessoas desse calibre

O que eu disse não é mentira nenhuma. Ele tinha um bar de alterne no Estoril. Ele e a mulher. Eram queridíssimos”.

Polémica: José Castelo Branco frequentava a "casa de meninas" de Vítor Espadinha

José Castelo Branco está a dar que falar depois de confessar que Espadinha teve um  "um bar de vacas" no Estoril.  E que era presença assídua com um membro da realeza.

"Lembro-me muitíssimo bem que tinhas um bar de vacas, umas do alterne, no Estoril, onde eu ia todas as noites de sair dos sítios civilizados", recordou Castelo Branco. E continuou revelando quem era o membro da realeza que o acompanhava nestas "aventuras": "Ia com sua alteza real, o senhor dom Henrique de Bagança. Ele adorava. Tinha uns orgasmos só de ver aquelas meninas. E eu dizia-lhe: senhor dom Henrique, contenha-se! Noblesse oblige! Nós somos da realeza, não podemos quebrar nunca."

Quanto a Vitor Espadinha, apanhado de surpresa com as revelações do socialite, sorria, acenando afirmativamente com a cabeça. "Olha a Espadinha! Como tu és antiga, filha", saudou ainda Castelo Branco. 

Estas confissões foram feitas no programa Roast. Dom Henrique de Bragança, quarto duque de Coimbra e irmão mais novo de Dom Duarte Pio - o pretendente ao trono -, faleceu em 2007, com 67 anos. "Deus o tenha", rematou Castelo Branco ao comentar as noites no Estoril que passou com ele. 

Partilhar no Facebook
0 0 Partilhas

Fonte: selfie.iol.pt · Crédito foto: selfie.iol.pt