​Casados à Primeira Vista: Noite de núpcias transforma-se num pesadelo

«Não sinto atração, nem sinto química, não sinto nada disso»

Partilhar no Facebook
302 302 Partilhas

Casados à Primeira Vista: Noite de núpcias transforma-se num pesadelo

As coisas não estão definitivamente a correr bem. Os seis casais de Casados à Primeira Vista já deram o nó e agora tem vindo à baila mais pormenores.

Durante a semana vai ser mostrado como foi a noite de núpcias, porém, o que devia ser uma noite de sonho, pode tornar-se num grande pesadelo.

Há casais que não sentem qualquer química entre eles. Sónia e João não se estão a entender e o mesmo se passa com Lídia e Francisco.

«Não consigo conversar com ela. É o ponto em que estamos», confessa João, já com Sonia no quarto. Já Lídia continua sem sentir nenhuma atração pelo marido. «Não sinto atração, nem sinto química, não sinto nada disso», esclarece.

Lídiajá tinha dado a entender que queria desistir de Casados à Primeira Vista, mas já no diário a noiva revelou a sua decisão.

«Tudo o que me magoa eu não avanço», explicou, adiantando que ficou mesmo «em pânico».

Apesar de ficar desiludido com a reação da sua noiva, Francisco mostra que a apoia. «Tens aqui alguém em que podes confiar, uma pessoa boa, que também tem sentimentos, família e filhos. Tens aqui um amigo, se me deixares ser teu amigo. Vamos divertir-nos, um dia a seguir ao outro», afirma Francisco.

Outros artigos relacionados com o programa:

Casados à primeira vista: Francisco e Lídia separados! Ela arrasa a SIC

Lídia e Francisco foram o último casal a dar o nó. Tudo o que tinha para ser uma verdadeira historia de amor transformou-se num pesadelo para esta mulher de 44 anos que entrou nesta aventura devido ao seu filho. 

O matrimonio começou mal de inicio já que a mulher não gostou do noivo escolhido pelos especialistas do programa, assim sendo foi em lágrimas que a noiva se apresentou no dia do casamento.

O comportamento da concorrente está a gerar uma onda de criticas, mas a empresária consciente das suas atitudes não tem nenhum problema em responder ás criticas e vai mais longe, lança farpas à produção.

Lídia foi acusada de estar psicologicamente instável e de necessitar de «terapia antes de avançar para este desafio». A mãe de Gonçalo defende-se e aponta o dedo à SIC.

«Psiquiatra por ser direta? Por ser genuína? Por mostrar que esta experiência é muito mais do que um casamento, onde gravamos 12 horas por dia, com grande pressão e manipulação? Por estar a gerir os meus sentimentos e dos restantes? Tive sempre, no meu ponto de vista, uma postura nobre. Porquê um psiquiatra? É pena dar opinião do que realmente não conhecemos», escreveu.

Lídia não considera ser uma pessoa «fragilizada», justificando que «infelizmente a ciência não controla tudo».

O facto de Lídia contar apenas com o apoio do filho também foi alvo de criticas:

 «Desde o momento que vi a noiva sozinha, só com o filho, senti logo mau feitio», disse um seguidor.

«Penso que as pessoas não entenderam, as pessoas rejeitam tudo o que é estranho e da minha parte ninguém se quis expor. Isto é um incentivo para as mulheres, força para seguirem em frente em tudo na vida, mesmo sem suporte», retorquiu Lídia. «Os convidados não quiseram participar no que chamaram de ‘palhaçada’», completou. 

A empresária continua a defender-se, referindo que a maioria das pessoas possivelmente não teria «capacidade de ultrapassar» os desafios que já enfrentou, afirmando que «infelizmente foi passado o que convinha».

 «Não gostei nada das imagens que escolheram. Fizemos coisas muito bonitas! Nem a minha despedida de solteira passou…Tenho uma história de vida incrível, tenho muita pena que a produção só tenha passado o que interessou. Isto é uma experiência social, como tal mostrei algo que ninguém gostaria de passar: ser apanhada por um cenário de doença».

Partilhar no Facebook
302 302 Partilhas

Fonte: www.atelevisao.com · Crédito foto: www.atelevisao.com