Ágata soube que estava a ser traída por uma amiga

Em lágrimas, cantora fez revelações inéditas

Partilhar no Facebook
0 0 Partilhas

Ágata esteve à conversa com Júlia Pinheiro e pela primeira vez, em lágrimas contou toda a verdade sobre a sua separação. A cantora que esteve casada durante 20 anos, revelou emocionada que foi traída por uma mulher 30 anos mais nova

«Nem eu estava à espera de me separar, dizem que nós somos sempre os últimos a saber, e lá fiquei eu sem o meu Francisco. Fui apanhada de surpresa. Houve aí uns zum zuns  que ele teria dito que ia um para cada lado, eu perguntei-lhe se era verdade e ele disse que não tinha dado entrevista nenhuma», conta a cantora, referindo-se à referida entrevista que Francisco deu em fevereiro.

Ágata continuou a contar como, também aqui, terá sido enganada. «(Na mesma altura) Disse-me para eu fazer um vídeo lá em casa e desmentir essa situação. E foi numa visita a Chaves que eu gravei esse vídeo, disse que estava ali em casa que realmente tinha sido posta na rua, mas só para o jardim…»

Em Junho, tudo mudou «Vim a um programa aqui, o da Cristina Ferreira, em que terei dito que não sabia até que ponto a minha situação com o Francisco estaria boa, se era amor, amizade se o que era, e houve uma amiga minha de Chaves que me ligou e me disse, ‘oh Ágata então tu não sabes que ele anda com uma fulana 33 anos mais nova do que tu?’ E eu disse que não sabia, que estava a saber agora», continuou a revelar.

Ágata pegou no telefone e ligou de imediato a Francisco.  «Liguei-lhe e perguntei-lhe se era verdade. Ele disse que sim, que era verdade. Eu não mando no coração de ninguém», afirmou.

«Acho que ele ainda me adora, os homens transmontanos são muito preconceituosos e não gostam de dar o braço a torcer. Depois de eu me sentir ofendida eu ainda tenho de correr atrás e pedir desculpa. Mas eu acho que não, também tenho a minha dignidade e gosto por mim própria. De forma que me deixo andar. Eu não vou ficar eternamente sozinha», sublinhou.

«Sempre me senti muito sozinha. O Francisco é uma pessoa que sempre me ajudou imenso, que prezo e adoro e de quem continuou muito minha amiga, falamos todos os dias, tenho um filho em comum, se não lhe falo um dia pergunta logo porque é que eu não lhe liguei. Ele diz que não liga porque eu não atendo. Parece que quer uma no saco e outro na ferradura», atirou.

«Foi um homem que me ajudou no meu trabalho, na minha carreira, no início dos inícios, é uma homem muito trabalhador, está muito focado no futebol. Eu às vezes pergunto se este homem tivesse um cancro, soubesse o que é sentir na pele que pode ir embora, assim de um momento para o outro…», interrompe, recebendo um abraço e Júlia.

«Às vezes parece que já nada importa… o luxo, o dinheiro, os carros de alta gama não fazem sentido. Ele é um homem de bom coração. Quando uma pessoa começa a perceber, começa a dar valor a outras coisas, à família, ao bem estar, o que mais gosta de fazer com os filhos, e tenho pena que ele não tivesse mais ao ao meu lado, eu estive sempre sozinha», afirmou, para depois terminar:

«A mulher guerreira está aqui. Não tem sido fácil, mas eu tenho as costas largas. Sou muito transparente, e não faço género. Eu sempre estive sozinha, e estou» confessou a cantora.

Partilhar no Facebook
0 0 Partilhas

Fonte: www.novagente.pt · Crédito foto: www.novagente.pt