Ágata fala pela primeira vez sobre a acusação do filho, por alegada violação

«É doloroso, mas não há nada que não se resolva»

Partilhar no Facebook
288 288 Partilhas

Marco Caneira foi condenado a seis anos e seis meses de prisão pelo crime de violação agravada. O empresário foi acusado de violar uma menor de 14 anos, crime que aconteceu em 2016, em Ponta Delgada, Açores.

Ágata, esteve sempre em silêncio sobre o assunto durante o julgamento, no entanto ela decidiu falar agora sobre o assunto e saiu em defesa do filho. «É doloroso, mas não há nada que não se resolva», começa por dizer Ágata a Manuel Luís Goucha, no Você na TV.

«Eu conheço muito bem o meu filho e sei o filho que eduquei. Ele é uma pessoa bastante sensível, muito comunicativa, muito solidária , muito amigo do seu amigo», disse a cantora.

«Se ele não fosse filho da Ágata não se tinham lembrado dele»

Ágata diz que o filho está a pagar por ser filho dela. «Se ele não fosse o filho da Ágata provavelmente não se teriam lembrado dele. Ele era incapaz, expuseram a vida dele de uma forma  muito chocante, e isso a mim…».

A cantora revela que tem sido uma fase muito complicada da sua vida. «A minha guerra com ele foi por ele dar sempre crédito a quem se aproxima para tirar uma foto, para falar. Ele é muito educado, muito gentil, muito dado e houve aqui realmente uma maldade muito grande. Acredito piamente no meu filho, sei exatamente do que ele é capaz de fazer e o que não é capaz. Nós teríamos direito de resposta, ele recorreu. O meu filho está a passar uma fase muito complicada e está a ser julgado por um crime que não cometeu», termina.

Partilhar no Facebook
288 288 Partilhas

Fonte: NovaGente · Crédito foto: NovaGente