Benfica não ofereceu os presentes habituais ao árbitro na Madeira. Saiba porquê!

Comentários?

Partilhar no Facebook
0 0 Partilhas

No final da época passada, muito se falou das alegadas ofertas do Benfica às equipas de arbitragem. Camisolas, garrafas de vinho ou vouchers deixaram muitas pessoas intrigadas. No entanto, o Benfica dizia que isso nada tinha a ver com tentativa de coação ou até alguma compensação. Para os responsáveis do clube, isso era apenas um gesto de cortesia, independentemente do resultado que a equipa tivesse no encontro. E afinal, também outras equipas ofereciam alguns miminhos aos árbitros, soube-se depois.



No entanto, essa habitual oferta passou para esta época, mas não chegou à Madeira. Sabe-se agora que o árbitro Jorge Sousa não recebeu qualquer oferta do Benfica, ele que terminou o encontro com o seu trabalho muito contestado pela equipa de Rui Vitória. O Benfica não foi além de um empate, na visita ao Marítimo, e reclamaram de uma alegada grande penalidade não assinalada pelo árbitro Jorge Sousa.

Certo é que no final do encontro, o desagrado era muito e também não houve qualquer oferta do Benfica. Será que foi por isso? Ou será que o Benfica vai deixar de entregar esses presentinhos tão polémicos aos árbitros? Resta agora aguardar pelos próximos relatórios dos árbitros, para que se perceba o que realmente aconteceu nos Barreiros.

Partilhar no Facebook
0 0 Partilhas

Fonte: MAIS FUTEBOL · Crédito foto: MAIS FUTEBOL