Vamos homenagear o gato de rua, Scout que impediu este jovem de se suicidar

Agora veja quem salta dos arbustos.

Partilhar no Facebook
166 166 Partilhas

Vamos homenagear o gato de rua, Scout que impediu Josh de se suicidar

Apesar de conseguirmos recuperar de quase todas as situações, marcas de eventos traumatizantes podem incomodar-nos durante anos.

Depois de servir o seu país na guerra e regressar a casa, Josh Marino estava em mau estado.

Ele tinha servido o exército durante a maior parte da sua vida, e sofria de problemas físicos e mentais, como stress pós-traumático.

Ele sentia, todos os dias, que estava no inferno. Josh tinha dificuldade em concentrar-se em coisas normais e ficava irritado facilmente.

Certa noite decidiu que estava farto – e foi fumar o seu último cigarro na chuva.

Josh estava pronto para acabar com a sua vida – não havia sentido em continuar a viver.

Enquanto Josh estava sentado, extremamente deprimido e determinado a acabar com a sua vida, ele ouviu algo a mover-se nos arbustos ao lado da sua casa.

Ouviu um miau pequeno, e um gatinho apareceu. 

“Ele chegou ao pé de mim e começou a coçar-se na minha perna, e deixou-me tocar-lhe”, disse Josh ao Mutual Rescue. “Comecei a chorar imenso. Talvez ele sabia que eu precisava de ajuda.”

Depois desse dia, Josh começou a alimentar o gato e deixava-lhe dormir no seu joelho.

Assim que Josh chamava por ele, ele regressava a correr. Josh começou a sentir que tinha um novo objetivo na vida, e que o gato era especial para ele.    

Josh chamou o gato de “Scout”.

“Deixei de pensar nos meus problemas”, continuou Josh, “E comecei a pensar nos seus problemas.”

Um dia, quando Josh regressou do seu novo emprego, o Scout estava desaparecido.

Os dias passaram, e o gato não aparecia em lugar nenhum. Josh apercebeu-se, então, do impacto enorme que o gato teve na sua vida.

Foi mais difícil do que ele esperava despedir-se deste anjo – o que salvou a sua vida. 

Uns meses depois, Josh e a sua namorada foram ao abrigo animal de Fort Riley para adotar um gato.

Viram todos os gatos que precisavam de uma nova casa e de amor, quando de repente, Josh viu uma pequena pata que reconheceu – ficou congelado. 

“Do nada, uma pata preta e branca saiu de uma jaula e começou a bater-me no braço esquerdo”, disse ele. “Olhei lá dentro, e era o mesmo gato preto e branco. Abri a jaula, tirei-o para fora, e abracei-o fortemente.”

Tudo terminou com Josh a adotar Scout e a trazer-lhe para casa para que pudessem ficar juntos para sempre. E como pode imaginar, são inseparáveis! 

Se gostaste de ler sobre a reunião incrível entre Josh e Scout e sobre o impacto que tiveram um no outro, então considera partilhar esta história com outras pessoas!

____

O que achou deste artigo? Partilhe o seu ponto de vista nos comentários, e partilhe com os seus amigos e familiares nas redes sociais…

Se estiver interessado nas últimas noticias sobre a atualidade, sobre famosos, comédia, animais, lifestyle ou sobre noticias viriais, siga-nos na nossa página no facebook Vamos lá Portugal.

Não hesite em deixar a sua opinião sobre a publicação. 

Partilhar no Facebook
166 166 Partilhas

Fonte: newsner · Crédito foto: Newsner