Um pai e o filho matam uma mãe ursa e os seus filhotes na frente de uma câmera.

Violência pura

Partilhar no Facebook
282 282 Partilhas

Esta é uma das notícias mais cruéis do dia que nos chega diretamente do Alasca, um pai e um filho matam vários ursos pardos sem razão, pura violência gratuita.

É o Jornal 20 minutes que nos traz esta notícia terrível que nos pões lágrimas nos olhos. No Alasca, um pai e um filho matam vários ursos pardos sem qualquer razão válida, pura violência gratuita. O primeiro tem 41 anos, o segundo tem 18 e eles estavam a esquiar tranquilamente numa das muitas trilhas que podem ser encontradas no Alasca. Foi quando eles viram os ursos.

De fato, de acordo com as informações relatadas pelo 20 minutes, os dois indivíduos supostamente atiraram numa mãe ursa e nos seus filhos sendo proibido atirar em ursos pardos no Alasca. Um crime que poderia ter passado despercebido se não houvesse câmeras na cena dessa terrível tragédia.

De fato, chance de destino, 20 minutes, explica que havia câmeras que haviam sido instaladas por caçadores para monitorar essa área conhecida por ser povoada por ursos parods. As suas câmeras filmaram toda a cena e podemos ver o jovam de 18 anos a atirar duas vezes na mãe ursa e, em seguida, podemos ver o pai matar os dois filhotes sem qualquer emoção. Finalmente, depois de matar esta família de ursos, eles comemoraram a "vitória" deles gritando.

Porque sim as câmeras também foram equipadas com microfones. Além disso, podemos ouvir o pai dizer ao filho: "eles nunca saberão que fomos nós". Falta de sorte para eles, o mundo inteiro ou quase sabe agora que eles são os únicos que mataram essa família de ursos. Ainda nos perguntamos por que eles fizeram uma coisa dessas.

Mas ainda não acabou, a história é ainda mais cruel. De fato, dois dias depois, os dois indivíduos retornaram à cena do crime para se livrarem dos filhotes de urso e se livrarem dos cartuchos de balas. A pior parte de tudo isso é que os dois homens negaram os fatos no momento da detenção. Eles são acusados ​​pelo estado do Alasca de caça ilegal e falsificação de provas.

Deixamos uma breve reportagem que faz um balanço da situação:

Partilhar no Facebook
282 282 Partilhas

Fonte: 20 minutes · Crédito foto: Unsplash