Um homem estrangula até À morte um coiote que atacou o seu filho de 2 anos.

Sim, você leu bem.

Partilhar no Facebook
0 0 Partilhas

Um homem de New Hampshire matou um coiote com as próprias mãos para salvar o seu filho de 2 anos depois do animal o agarrar pelo capuz da jaqueta e o arrastar para o chão. Isto é o chamado instinto paterno. 

CTV News conta-nos é a história de Ian O'Reilly, um pai cuja vida deu uma reviravolta inesperada na segunda-feira, 20 de janeiro de 2020. De fato, ele matou um coiote com as próprias mãos para salvar o seu filho de dois anos depois de o animal o agarrar com a boca pelo capuz da jaqueta e a arrastar para o chão. O homem não queria chegar a este ponto, parece que não teve escolha. No início do confronto, ele estava simplesmente a tentar repulsá-lo, mas o animal tornou-se violento com ele, em particular mordeu-o duas vezes. Portanto, ele não teev outra opção senão neutralizá-lo definitivamente. 

A CTV News diz que ele usou o peso do corpo para sufocá-lo e, ao mesmo tempo, manter o seu  focinho fechado. Resultado? Após 10 minutos, o coiote morreu. Um evento que parece ter marcado Ian O'Reilly. "Eu nunca magoei animais antes, foi uma experiência muito estranha". 

Em sua defesa, ele explica que ele tinha absolutamente que proteger o seu filho e que a melhor coisa que ele poderia fazer para alcançar esse objetivo era neutralizar o animal agressivo. Ele também disse numa entrevista que, na momento, ele realmente não pensava no que estava a fazer. 

"Foi principalmente o meu instinto que 'falou mais alto'".  Ian O'Reilly sofreu alguns ferimentos, mas o seu filho está seguro, disse o canal de televisão. 

A CTV News ressalta que outro ataque de um coiote ocorreu duas horas antes, mas no momento as autoridades não sabem se foi o mesmo animal. Pode ver, abaixo, uma entrevista que Ian O'Reilly deu à televisão americana.

Partilhar no Facebook
0 0 Partilhas

Fonte: Ayoye · Crédito foto: Ayoye