Homem monstruoso amarra o focinho do seu cão com uma abraçadeira de plástico

Uma verdadeira vergonha.

Publicado por Vamos lá Portugal em Animais
Partilhar no Facebook
0 0 Partilhas

Esta é sem dúvida uma das histórias mais cruéis do dia e vem da Austrália, onde um homem amarrou o focinho do seu cão com uma  abraçadeira de plástico durante horas para silenciá-lo.

É o Mirror que conta a história deste pastor alemão que poderia ter morrido se os vizinhos não se apercebessem que ele estava com problemas.

De fato, o seu dono teve a má idéia de amarrar o focinho dele com uma abraçadeira de plástico para silenciá-lo. Ele deixou-o assim durante horas, quando os vizinhos perceberam a atrocidade, eles imediatamente decidiram ligar para as autoridades. Chegando lá, o cão foi solto e foi a correr para todos os pontos de água que conseguiu encontrar. Estava extremamente quente naquele dia.

De fato, o Mirror explica que o focinho permite que os cães respirem, mas também regule a temperatura dos seus respectivos corpos. Assim, se não conseguem respirar bem, não conseguem regular a temperatura. Portanto, existe o risco de superaquecimento, especialmente se a temperatura externa for alta. É completamente desumano deixar o seu cão nesse estado. 

Durante a sua aparição em tribunal, o proprietário indicou que havia esquecido que havia prendido o focinho do animal.

O jornal Mirror indica que o tribunal foi extremamente brando com ele porque ele não recebeu nenhuma sanção de seu nome. Ele terá que pagar cerca de US $ 180 durante 15 meses, mas também pagar honorários advocatícios e veterinários de pouco mais de US $ 1.400. Ele também foi proibido de ter um animal durantedois anos. Quanto ao pastor alemão, que responde pelo nome de Chloe, ele encontrou outro dono, que, espera-se, o tratará muito melhor.

Partilhar no Facebook
0 0 Partilhas

Fonte: Ayoye · Crédito foto: Ayoye