Animais : Gato agredido sexualmente e queimado é encontrado abandonado num beco.

Gato agredido sexualmente e queimado é encontrado abandonado num beco.

Uma história repulsiva.

Publicado por Vamos lá Portugal em Animais
Partilhar no Facebook
0 0 Partilhas

É sem dúvida uma das notícias mais repugnantes do dia e vem da Inglaterra, onde um gato foi abandonado após ser abusado sexualmente e queimado. Uma verdadeira tragédia que está a dar a volta ao mundo.

É o Metro News que relata esta notícia completamente revoltante que pode incomodar muitos de vocês, especialmente todos aqueles que defendem os direitos dos animais. Na pequena cidade de Woking, Inglaterra, um gato de 9 meses foi abandonado num beco depois de ser violado e queimado. Ele foi encontrado com uma tala de artesanato na pata direita. Infelizmente, hoje ele não é mais capaz de se levantar. Felizmente, ele foi apoiado por uma associação que ajuda animais. Ele foi examinado e tratado por veterinários. 

O Metro News relata que a associação, que cuidou do gato abusado, nunca tinha visto nada assim. A equipe está totalmente repugnada por ter encontrado um animal em tal estado. O diário explica que o seu corpo estava mutilado por várias queimaduras e que traços de abuso sexual também estavam presentes. É de se perguntar quem pode ser tão cruel e fazer uma coisa dessas. De fato, os animais são seres vivos muito sensíveis e esse gato deve ter sofrido terrivelmente. Nesta situação, pode-se dizer claramente que se trata de tortura. 

Uma investigação está em andamento para encontrar o culpado destas atrocidades. Ele merece uma sanção exemplar. Não sabemos se foi o dono do gato ou se ele foi encontrado e decidiram magoá-lo. Uma coisa é certa, esse indivíduo não tem coração. Como você pode ver nas fotos, este gato parece completamente inofensivo, perguntamos como é possível ser tão cruel. 

Esperamos sinceramente que alguém ponha as mãos nessa pessoa e a entregue às autoridades. Não é possível que em 2019 alguém possa fazer isso sem haver uma sanção por trás. Este é um caso a ser seguido.

Partilhar no Facebook
0 0 Partilhas

Fonte: Ayoye
Crêdito foto: Ayoye

Goste/partilhe