Bombeiros resgatam cavalo atolado no lodo no rio em Porto Alto

Todos os detalhes no interior ...

Partilhar no Facebook
0 0 Partilhas

Os Bombeiros Voluntários de Samora Correia resgataram nata quarta-feira um cavalo que ficou atolado nas margens do rio Sorraia, uma missão que foi concluída com sucesso. 

A corporação de bombeiros usou o Facebook para explicar que o animal caiu no rio e foi arrastado pela corrente durante cerca de dois quilómetros até ficar atolado no lodo das margens da maré baixa. 

A missão de resgate naquela manhã, na zona de Porto Alto, fez-se por terra e por água

"Por terra e por água, homens no lodo, enterrados até onde teve que ser, substituições por exaustão, para garantir que o cavalinho, já sem forças para lutar pela sua sobrevivência, se mantinha com a cabeça fora da lama", relatam os bombeiros. 

No local esteve também uma patrulha da GNR de Samora Correia. Os bombeiros salientam a mobilização de meios "adequados" e o sistema de Protecção Civil a funcionar "em pleno" 

"EXISTIMOS PARA SERVIR" - SALVAMENTO DE UM CAVALO NO RIO SORRAIA -

Nós por cá, com mais uma história com final feliz... Com humildade, descrição e eficácia, sem nos considerarmos os Donos ou Supra sumos da defesa e protecção dos animais... Como parece estar na moda...

Os Bombeiros Portugueses fazem-no diariamente, há muitos, muitos anos... 24 horas/ dia, 365 dias / ano... A qualquer hora, sob quaisquer condições meteorológicas... Nos cenários mais inóspitos, difíceis, caricatos...

Missão de socorro igual a todas as outras - SALVAR UM SER VIVO - na qual TODOS dão o seu melhor, o seu máximo, muitas vezes correndo riscos "teoricamente" desnecessários, pois... é só um animal...

Hoje, mais uma vez, salvamento de um cavalinho que, inadvertidamente caiu na água do Rio Almansôr, foi arrastado pela corrente durante cerca de 2 km, até ficar atolado no lodo das margens da maré baixa...

07:32 horas da manhã... Porto Alto... Por terra e por água, Homens no lodo, enterrados até onde teve que ser, substituições por exaustão, para garantir que o cavalinho, já sem forças para lutar pela sua sobrevivência, se mantinha com a cabeça fora da lama. Patrulha da GNR de Samora Correia pronta para entrar no lodo, caso fosse preciso!!!

Mobilização de meios adequados (sistema de Protecção Civil a funcionar em pleno, e da melhor forma - máquina privada a trabalhar algures na zona, requisitada para a operação..., zorra com giratória de rastos "en route" 5 minutos após solicitação...)

Mais um Orgulho Supremo, aquele que TODOS os Bombeiros e militares da GNR sentem, quando efectuam um "simples" salvamento de um cavalinho que, entregue à sua sorte morreria passadas poucas horas, com a maré a encher... Já com várias operações deste tipo em Samora Correia, sempre com TODOS os Bombeiros, de TODOS os CB envolvidos, dentro do lodo, de água, de inverno, temperaturas baixíssimas, cavalos de maior porte... e militares da GNR lado a lado...

Frio, medo, apreensão, "não vou correr riscos, é só um animal..."??? Nunca!!! Missão de salvamento cumpre-se !!!

O possível todos fazemos, impossíveis os Bombeiros e mais alguns fazem... Milagres??? Pois, milagres acontecem quando os Bombeiros Portugueses se superam a si próprios... tantas vezes, sem holofotes, sem serem notícia, no Portugal profundo...

COS Chefe Rui Gonçalves, Bombeiros, Militares da GNR e civis empenhados... empresa proprietária da máquina, Paulo Pombo, Zé Carlos Inácio, excelentes! Muito orgulho na Vossa competência, estratégia e junção de sinergias!

Cavalinho lavado da lama, em hipotermia, tapado com mantas de aquecimento, esfomeado e tratado com todo o carinho pelo Zé Carlos... filho do Nosso Sempre Amigo, o Campino Ti João Preceito!"

Partilhar no Facebook
0 0 Partilhas

Fonte: NaM · Crédito foto: NaM